Vasco pode sofrer redução nos cofres caso permaneça na Série B em 2017

Eurico Miranda
Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Caso o Vasco não consiga garantir seu acesso diante do Ceará na última rodada da Série B, o clube pode sofrer uma redução nas despesas no próximo ano. Conforme informa o site “Globo Esporte.com”, o Gigante da Colina teria uma redução nas cotas de TV, no patrocínio máster e também no próprio elenco vascaíno.

LEIA MAIS:
VASCO X CEARÁ: 31 MIL INGRESSOS VENDIDOS PARA O JOGO NO ESTÁDIO MARACANÃ
VEJA OS LANCES E GOLS DE ALBERTO RODRÍGUEZ, ZAGUEIRO NO RADAR DO VASCO PARA 2017

Uma das consequências, está à perda de bonificação da Caixa Econômica Federal, além da redação das cotas de transmissão de TV. Em 2015, o Vasco recebia R$ 15 milhões, mas com a queda para a Série B deste ano os valores caíram para R$ 7,5 milhões e pode ganhar bônus de R$ 1,5 caso suba para a primeira divisão.

Por outro lado, as cotas de TV pode sofrer uma redução de 25% caso o Vasco siga na Série B do Brasileirão pelo segundo ano consecutivo. Por exemplo, atualmente o Gigante da Colina recebe R$ 100 milhões e com isso pode diminuir para R$ 75 milhões.

Outra situação que pode sofrer uma pequena redação seria na TV fechada, o Pay-per-view pode sofrer um pequeno impacto. Principalmente pela diminuição das assinaturas para o ano que vem.



Radialista, Jornalista com passagens como correspondente pelo site italiano CalcioNews24.com e pelo Arena Rubro-Negra. Atualmente setorista do Fluminense e Futebol Sul-Americano no Torcedores.com