Buscando redenção, Sport enfrenta Atlético PR para se manter na Série A

Foto: Divulgação/Williams Aguiar/Sport Club do Recife

O Sport Club do Recife vai buscar a redenção e a permanência na Série A do Brasileirão, neste domingo (20), às 17h (horário de Brasília) , na Arena da Baixada, contra o Atlético PR, jogo válido pela 36ª rodada, após a derrota sofrida no jogo contra o Cruzeiro por 1 a 0, na Ilha do Retiro, na última quarta-feira (16).  

LEIA MAIS: CONFIRA O PROVÁVEL SPORT PARA ENCARAR O ATLÉTICO-PR

CHAPECOENSE X SÃO PAULO: TRICOLOR ENTRARÁ EM CAMPO COM UM OBJETIVO

BRASILEIRÃO SÉRIE A: VEJA OS JOGOS DA 36ª RODADA

Com o tropeço, o time pernambucano seguiu com 43 pontos e desceu para a 15ª posição no campeonato, mas mesmo assim, conseguiu manter a distância de 4 pontos de seus adversários contra o rebaixamento, Vitória e Internacional.

O Sport já espera não ter vida fácil no confronto contra o Furacão, que está na briga para se manter no G6 (zona de classificação à Copa Libertadores) e é considerado o melhor mandante da Série A, cujo aproveitamento é de 86% em terras paranaenses.

Além disso, o rubro-negro pernambucano precisa se adaptar ao gramado sintético do estádio, que tem sido um fator relevante no bom desempenho do Atlético PR.

Mesmo com essas adversidades, o Sport vai com tudo para cima do time paranaense e aposta no artilheiro do time, Diego Souza, que soma 13 gols na competição ao lado do atacante Fred (Atlético MG), para fazer a diferença e conquistar esses pontos fora de casa. O Leão também conta com a volta do meia Rodney Wallace, que possui a confiança do técnico Daniel Paulista, após duas partidas fora do time para representar a seleção do seu país, a Costa Rica, nas Eliminatórias para a Copa da Rússia em 2018.

O Sport entra em campo sob o comando do técnico Daniel Paulista e com a possível escalação: Magrão, Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Rithely, Ronaldo, Diego Souza e Everton Felipe; Rogério e Rodney Wallace. A arbitragem ficará por conta do árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva (PA) e dos assistentes Márcio Gleidson Correa Dias(PA) e Helton Nunes(SC)