Sonhando com o título e tentando pressionar o líder, Santos recebe o Vitória na Vila Belmiro

Crédito da Foto: Twitter Oficial do Santos

O Santos terá na noite desta quinta-feira na Vila Belmiro diante do Vitória, a sua grande chance de manter vivo o sonho de ser campeão brasileiro e de quebra, pressionar o rival Palmeiras, atual líder do Campeonato Brasileiro. Como o time entra em campo às 19h30, enquanto o rival joga mais tarde e fora de casa, o Peixe pode diminuir a diferença para três pontos e reassumir a vice liderança da competição.

LEIA MAIS:
NOVA POLÊMICA PODE ENVOLVER SANTOS E BARCELONA. ENTENDA!

O Santos terá uma ótima chance nesta rodada de pressionar o líder do Campeonato Brasileiro, ao enfrentar o Vitória na Vila Belmiro hoje à noite, às 19h30. Caso o alvinegro praiano consiga vencer o adversário baiano, além de reassumir a vice liderança da competição (o Flamengo derrotou ontem a noite o América-MG e ultrapassou o Peixe na tabela de classificação), irá diminuir a diferença em relação ao Palmeiras para três pontos, sendo que o time alviverde jogará às 21h00 no estádio Independência contra o Atlético-MG.

Para conseguir vencer e manter o sonho do título brasileiro, o Santos terá uma dupla de zaga inédita neste ano: Yuri e Fabián Noguera. Mas, apesar desta nova formação, o Peixe poderá contar com os principais jogadores do elenco: Lucas Lima, Thiago Maia e Copete estarão em campo, depois de terem participado das eliminatórias sul americanas para a Copa do Mundo de 2018. O atacante Ricardo Oliveira também está confirmado.

O Vitória por sua vez, segue na luta para evitar a zona de rebaixamento, e para tentar surpreender o Santos, o técnico Argel Fucks deve promover mudanças na equipe titular. O lateral Euller deve jogar no meio de campo, mais próximo dos atacantes, e por causa disto, Cárdenas ou Zé Love provavelmente terá que iniciar a partida na reserva.

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Yuri, Fabián Noguera e Zeca; Renato, Thiago Maia e Jean Mota; Vitor Bueno, Copete e Ricardo Oliveira. Técnico: Dorival Júnior

VITÓRIA: Caíque; José Welison, Kanu, Victor Ramos e Diego Renan; Willian Farias, Marcelo e Euller; Zé Love (Cárdenas), Marinho e Kieza. Técnico: Argel Fucks