Santos deve receber mais de R$ 60 milhões por acordo de rival com emissora; veja o motivo

Santos
Foto: Divulgação/Santos Futebol Clube

O Santos foi a primeira equipe considerada grande a romper com a Globo e assinar com o Esporte Interativo, fato que pode render um bom dinheiro aos cofres do Peixe.

LEIA MAIS:
Cafu não crê em título do Palmeiras no Allianz Parque

Na última quarta-feira (23), o Palmeiras divulgou oficialmente que optou pelo acerto com a Turner, sócia-majoritária do canal Esporte Interativo, para transmissão de jogos do Campeonato Brasileiro em TV fechada entre 2019 e 2023, rompendo com o canal SporTV, da rede Globosat.

Como dito anteriormente, o Santos foi o primeiro clube a traçar esse caminho, e esse pioneirismo, segundo publicado pelo jornal Lance!, renderá mais de R$ 60 milhões ao time da baixada santista.

Isso acontece porque o valor acertado pelo rival Palmeiras com a emissora foi em torno de R$ 100 milhões, e o acordo entre Santos e Esporte Interativo, determina que o Peixe receba o mesmo valor de luvas pagas as demais equipes. Na primeira ocasião, o Peixe havia recebido em torno de R$ 40 milhões, que já são utilizados pelo clube, e que deve aumentar consideravelmente para equiparar com o time alviverde.

Santos aguarda somente a assinatura oficial do Palmeiras com o EI, que deve ocorrer após o término do Brasileirão, para receber o dinheiro e poder investir em reforços para 2017.

Outros clubes brasileiros já acertaram com o Esporte Interativo para o mesmo período, casos de Atlético-PR, Coritiba, Ponte Preta, Internacional, Figueirense, Santa Cruz, entre outros.