Robinho admite encerrar carreira no Atlético e aceita reduzir salário para renovar

Em rede social, Robinho responde torcedor que pede sua volta ao Santos
Foto: Bruno Cantini/CAM
Talvez o principal nome do Atlético-MG nesta temporada de 2016, o atacante Robinho em pouco tempo de clube já conquistou números expressivos com a camisa do Galo e rapidamente caiu nas graças do torcedor alvinegro. Recentemente, o presidente do clube, Daniel Nepomuceno, disse estar arrependido de não ter feito um contrato mais longo com o “Rei das Pedaladas”.

LEIA MAIS:

ROBINHO NEGA PROPOSTA DO SANTOS E FALA EM RENOVAR COM O GALO: ‘TIME MARAVILHOSO’

É DECISÃO! ATLÉTICO DIVULGA PARCIAL DE INGRESSOS VENDIDOS PARA FINAL DA COPA DO BRASIL

Classificado para a Libertadores do ano que vem e na disputada do título da Copa do Brasil, a cúpula mineira entende ser necessário estender o vínculo de Robinho com o Atlético. Em entrevista ao programada “Os Donos da Bola”, da Band Minas, o atleta de 32 anos admitiu as chances de encerrar sua carreira no time mineiro e, inclusive, reduzir o salário caso seja um empecilho na sua renovação.

“Não seja por isso. Vamos renovar por mais uns dez anos, está bom. Pode ser também (redução). A gente conversaria, não tem problema, a gente chega a um acordo. Sendo bom para as duas partes, para mim e para o Galo, vamos embora”, afirmou Robinho.

O camisa 7 do Galo também foi questionado a respeito de uma possível volta ao Santos em função de salários atrasados. O jogador desmentiu a possibilidade e nega qualquer tipo de problema com a cúpula do Atlético. Segundo Robinho, o entrave ocorreu com a parceira do clube, a Dry World.

“Da parte do Galo nunca teve atraso do meu salário. Infelizmente a Dry World não cumpriu com o que estava combinado, mas isso já foi acertado com o Atlético. Mas não é isso que vai me impedir de jogar, se a Dry World me pagar ou não. Sobre o meu retorno ao Santos, não tem nada. O que tem é que eles procuram minha advogada e meu pai para acertar um acordo daquilo que me deviam””, completou Robinho.

Siga o autor no Twitter: Eder Bahúte – @ederbahute