Enquete: Ricardo Gomes deve ser o treinador do São Paulo em 2017?

Divulgação/Twitter Oficial do São Paulo

Após a derrota por 2×0 para a Chapecoense, fora de casa, na última rodada do Brasileirão, a fase ruim do São Paulo voltou à tona, e muitas críticas por parte da torcida caíram em cima de Ricardo Gomes, que não vem desenvolvendo um bom trabalho no comando da equipe.

LEIA MAIS
PERMANÊNCIA DE RICARDO GOMES PODE SER DECIDIDA NAS RODADAS FINAIS DO BRASILEIRÃO
TORCIDA DO SÃO PAULO PEDE CONTRATAÇÃO DE DANILO FERNANDES NA WEB PARA 2017APENAS UM TIME GRANDE NUNCA FOI LANTERNA NO BRASILEIRÃO DE PONTOS CORRIDOS; CONFIRA
CONHEÇA O TIME DO CORAÇÃO DOS MÚSICOS MAIS CONHECIDOS DO BRASIL

Desde o seu retorno ao banco do São Paulo, o time disputou 18 jogos, sendo seis vitórias, cinco empates e sete derrotas.

Por vezes a equipe teve a oportunidade de engrenar no campeonato, mas durante todo o Brasileirão não conseguiu nenhuma sequência de três vitórias consecutivas.

Há uma semana atrás, o presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva garantiu a permanência do treinador no próximo ano, mas depois do empate por 1×1 com o Grêmio, no último dia 17, e a derrota para a Chape, neste domingo, esta garantia poderá ser questionada com os resultados do dois próximos jogos.

A pressão pela saída do técnico aumenta ainda mais pelo fato de Rogério Ceni estar estudando para ser treinador, e por ter um grande interesse em comandar a equipe que o revelou em algum momento da sua nova carreira.

Mas como ainda nada está decidido, Ricardo tem mais dois jogos para mostrar serviço e provar que pode ficar a frente do time em 2017. Na próxima rodada o São paulo viaja à Belo Horizonte para encarar o Atlético-MG, domingo às 17h, no Independência. Já no encerramento do campeonato, o adversário será o já rebaixado Santa Cruz, no Pacaembu, dia 04 de dezembro às 17h.

E para você torcedor, Ricardo Gomes merece um pouco mais de paciência e tempo para mostrar seu trabalho ou já provou que não merece ficar no São Paulo? Vote abaixo:



Paulistano, 20 anos. Estudante de Comunicação Social-Jornalismo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.