Punição do STJD ao Grêmio revolta até torcedores do Atlético-MG; veja a repercussão na web

Renato
Foto: Reprodução/Fox Sports

No final da tarde desta quarta-feira, o STJD decidiu tirar o mando de campo do Grêmio na segunda partida da final da Copa do Brasil devido a invasão de Carol Portaluppi, filha do técnico Renato Gaúcho, ao final da partida contra o Cruzeiro na semifinal da competição. Inicialmente, o duelo decisivo contra o Galo estava marcado para o próximo dia 30 de novembro, na Arena.

LEIA MAIS:
Grêmio é punido pelo STJD e final da Copa do Brasil não será mais na Arena

De acordo com informações divulgadas pelo jornal Zero Hora, dois auditores que participavam do julgamento votaram a favor de apenas uma multa de R$ 30 mil ao clube. No entanto, um terceiro membro votou pela perda de mando de campo, que foi acatada pelo júri. O Grêmio solicitará ao STJD um efeito suspensivo até que o caso possa ser julgado novamente.

“Vamos recorrer, ainda não conheço as circunstâncias do julgamento. Mas o Grêmio irá recorrer desta decisão”, prometeu o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Jr, em entrevista à ZH.

A polêmica decisão do STJD revoltou até os torcedores do Atlético-MG, rival na decisão da Copa do Brasileira. Veja algumas mensagens no Twitter:



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)