Presidente do Botafogo sobre sucesso do time na Arena: “Ninguém apostava”

Botafogo
Crédito de imagem: Vitor Silva /Divulgação/Site Oficial do Botafogo

O Botafogo não deverá mandar suas partidas na Arena Luso-Brasileiro em 2017. Com o retorno do estádio Nilton Santos, o clube de General Severiano voltará a sua casa principal e, deste modo, deixará o campo da Ilha do Governador livre para outras equipes usarem.

LEIA MAIS:
VÍDEO: JORNALISTAS “CONGELAM” ESPERANDO JOGADORES DO BARCELONA
COMESTARISTA DO SPORTV QUER VASCÃO JOGANDO ÚLTIMA RODADA EM SÃO JANUÁRIO
RIVAIS DO VASCÃO CRIAM CAMPANHA “FICA EURICO”; ENTENDA
GABRIEL JESUS É O MELHOR ARTILHEIRO DO PALMEIRAS NA SELEÇÃO; CONFIRA
JEFFERSON PODE FICAR MAIS TEMPO LONGE DO BOTAFOGO; ENTENDA

Sobre o período em que atuou na Ilha do Governador, o presidente do Botafogo considera extremamente positivo.

“Foi extremamente positivo. Acreditávamos que o time precisava de uma casa que tivesse proximidade da torcida, boa localização, bons acesso e que fosse um estádio capaz de ser regularmente utilizado. Foi muito bom tecnicamente e a torcida abraçou. Foi um conjunto de fatores que passa pelo elenco, comissão técnica, esforço da diretoria da manter os salários em dia. Todo esse conjunto permitiu a presença da torcida, que deu um forte apoio. Temos certeza que trilhamos um caminho muito positivo e muitas pessoas que apostaram no provável rebaixamento do Botafogo tiveram que rever suas posições. Hoje, o time disputa uma classificação para a Copa Libertadores, coisa que ninguém apostava. Foi um trabalho de muitos autores”, disse o presidente Carlos Eduardo Pereira ao jornal O Globo. 

Crédito da Foto: Vitor Silva /Divulgação/Site Oficial do Botafogo