Por desacordo sobre cotas. dupla Atle-Tiba deixa a Primeira Liga

Divulgação

A Primeira Liga terá dois times a menos na temporada 2017. Nesta terça-feira (22), Atlético-PR e Coritiba anunciaram suas respectivas saídas da competição e da entidade que organiza o torneio. O motivo é relacionado a divisão de cotas da TV da competição.

LEIA MAIS

PRÊMIO TORCEDORES.COM TERÁ A SUA 2ª EDIÇÃO EM 2016 – E COM NOVIDADES!

O comunicado de saída da Liga do Coxa foi feito nas redes sociais do clube, com o presidente do time, Rogério Bacellar, se manifestando a Rádio Banda B sobre as razões da decisão do time do Couto Pereira a deixar a organização.

“Resolvemos sair porque, quando o Coritiba tratou de retomar a Sul-Minas, primeiramente era para fazer um torneio democrático e formar um bloco de clubes com o objetivo de fazer frente às decisões da CBF e também da (Rede) Globo e etc. Com o início da Primeira Liga, Flamengo e Fluminense entraram como convidados e agora, a divisão das parcelas está sendo diferente. O Coritiba está chateado com isso e o tratamento que tem dado a respeito da união dos clubes”, declarou Bacellar.

“O Atlético-PR deixou consignado em ata em função de mudança de todos os princípios e razões por que ela foi criada, a deturpação principalmente daqueles que tem interesse em seus Estaduais, então decidimos sair. Nossos problemas são uma série de princípios, como a substituição dos estaduais, autonomia do STJD e da arbitragem, união dos clubes. Queremos uma série de objetivos e nada foi respeitado, principalmente pela condição da presidência e de alguns clubes interessados, principalmente os cariocas, que tiraram vantagem da Primeira Liga para melhorar suas condições em seus estados”, explicou ao Uol Esporte o presidente do Conselho Deliberativo do Atlético-PR, Mário Celso Petraglia.

No acerto do contrato de venda dos direitos de TV para a Globo, estimado em R$ 69 milhões, a divisão das cotas, que privilegiaria Flamengo, Fluminense, Grêmio, Internacional, Cruzeiro e Atlético-MG em detrimento dos outros clubes, caso da dupla Atle-Tiba, acabou causando uma rusga entre os dois paranaenses e a entidade, culminando em sua saída.

Na página oficial da Primeira Liga, a organização do campeonato confirmou a saída de ambos os times e afirmou que ‘equipes substitutas serão definidas em breve’ pela entidade, que também não terá o Atlético-MG em 2017, por questões de calendário.

Confira a nota oficial da Primeira Liga sobre as saídas de Atlético-PR e Coritiba da entidade (extraído do site oficial)

A Primeira Liga comunica que em Assembleia Geral, realizada nesta terça-feira (22) na grande Belo Horizonte, os clubes filiados Coritiba e Atlético Paranaense anunciaram o seu desligamento da entidade devido a discordâncias internas. Nestas condições, a partir do dia de hoje, os citados clubes deixam de fazer parte da Primeira Liga.

A Primeira Liga divulgará nos próximos dias as equipes que disputarão a competição em 2017 bem como as respectivas datas dos jogos.