Após polêmica, Inter diz que foi “roubado” contra o Corinthians

rebaixamento
Crédito da imagem: Ricardo Duarte / SC Internacional

Um pênalti polêmico convertido por Marlone deu a vitória ao Corinthians sobre o Internacional por 1 a 0 nesta segunda (21) em Itaquera.

PRÊMIO TORCEDORES.COM DE JORNALISMO COLABORATIVO
Mauro Beting, Leandro Beguoci e Fábio Salgueiro serão jurados do Prêmio Torcedores
Prêmio Torcedores terá sua segunda edição em 2016

“Inter foi garfeado violentamente pela arbitragem em 2005, 2009, também, e hoje de novo. Pênalti totalmente inexistente marcado por um árbitro que avisei o Walter Feldman (secretário-geral da CBF) que não podia cair nesse jogo. Revoltante porque nos roubaram um ponto”, esbravejou o presidente Vittorio Piffero em entrevista após a derrota do Internacional na Arena Corinthians.

VOTE: Qual será o maior “mico” do Brasileirão?

O lance que decidiu o jogo aconteceu após jogada de Ernando com Ángel Romero. O paraguaio caiu na área e o árbitro Rodolpho Toski Marques anotou o pênalti. Marlone bateu no canto direito do goleiro Danilo Fernandes para decretar a vitória do alvinegro.

VÍDEO: PÊNALTI POLÊMICO A FAVOR DO CORINTHIANS

A derrota mantém o Internacional na zona de rebaixamento a duas rodadas do fim do campeonato. Agora a briga direta é com o Vitória, que tem três pontos a mais do que os gaúchos. “Temos de fazer nosso resultado e torcer para que os adversários ao rebaixamento pisem na bola. Fundamental é nós fazermos o resultado. É isso que temos que costurar, trabalhar. A torcida do Inter vai apoiar seu time, porque com o estádio lotado não vai ter árbitro que fará o que esse fez”, completou Piffero referindo-se ao confronto diante do Coritiba no próximo final de semana no Beira-Rio.

ERNANDO SE DEFENDE APÓS MARCAÇÃO DE PÊNALTI POLÊMICO; ASSISTA: