Palmeiras Campeão de 1967: o primeiro Brasileirão a gente nunca esquece

Divulgação/ Site Palmeiras

O Palmeiras conquistou seu primeiro título nacional em 8 de junho de 1967, vencendo o Torneiro Roberto Gomes Pedrosa, apelidado de Robertão. A disputa final foi contra o Grêmio, porém o caminho até lá foi de 20 partidas, sendo 10 vitórias, 8 empates e 2 derrotas, com 39 gols marcados e 26 gols sofridos pelo Verdão. Além do título, o Palmeiras ainda teve César Maluco como artilheiro da competição com 15 gols.

LEIA MAIS:
Relembre os maiores chocolates aplicados pelo Palmeiras
Fernando Prass poderá voltar ao gol do Palmeiras ainda nesta temporada
Cuca revela que não foi procurado pelo Palmeiras para renovar e confirma ida à Itália

Em 1967, o Palmeiras disputou o Torneio Roberto Gomes Pedrosa com outras 14 equipes do Brasil, de 5 estados diferentes. Nesse ano, a competição que concentrava-se no eixo RJ-SP, foi ampliada, abrangendo Rio Grande do Sul, Paraná e Minas Gerais. Por este motivo, em 2010 a Confederação Brasileira de Futebol reconheceu oficialmente os títulos do Robertão, assim como da Taça do Brasil, como sendo equivalentes aos do Brasileirão. Assim sendo, o título de 1967 é considerado o primeiro título do Campeonato Brasileiro do Palmeiras.

As 15 equipes que disputaram o torneiro foram:
SP – Palmeiras, Corinthians, São Paulo, Santos e Portuguesa.
RJ –Flamengo, Fluminense, Vasco da Gama, Botafogo, e Bangu
MG – Cruzeiro e Atlético Mineiro
RS – Internacional e Grêmio
PR – Ferroviário

A Academia do Palmeiras tinha como titulares: Perez; Djalma Santos, Baldocchi, Minuca e Ferrari; Dudu e Ademir da Guia; Dario (Zico), Servílio, César e Tupãzinho (Rinaldo). E no comando o técnico: Aymoré Moreira.

As equipes foram divididas em dois grupos para soma de pontos, um com 7 times (Corinthians, Internacional, Cruzeiro, Bangu, São Paulo, Fluminense e Botafogo) e outro com 8 (Palmeiras, Grêmio, Portuguesa, Santos, Atlético Mineiro, Flamengo, Vasco e Ferroviário), e se enfrentavam dentro e fora do grupo em um único turno. As duas melhores colocadas de cada grupo avançavam para a próxima fase, formando o quadrangular final, onde os times jogavam em turno e retorno e o maior pontuar ficava com o título.

Na fase de grupo o alviverde paulista se classificou em primeiro lugar, com 7 vitórias, 5 empates e 2 derrotas. Também marcou mais do que qualquer adversário, chegando a 31 gols em 14 partidas e tendo César Maluco como destaque.

Divulgação/ Palmeiras
Divulgação/ Site Palmeiras

Resultados palmeirenses na fase de grupos
1ª Rodada (05/03/1967) – Fluminense 2 X 4 Palmeiras
2ª Rodada (09/03/1967) – Palmeiras 2 X 1 Corinthians
3ª Rodada (12/03/1967) – Palmeiras 5 X 0 Vasco
4ª Rodada (19/03/1967) – Grêmio 2 X 0 Palmeiras
5ª Rodada (26/03/1967) Ferroviário 2 X 4 Palmeiras
6ª Rodada (29/03/1967) Atlético-MG 4 X 2 Palmeiras
7ª Rodada (02/04/1967) Palmeiras 3 X 2 Cruzeiro
8ª Rodada (05/04/1967) Palmeiras 1 X 1 Portuguesa
9ª Rodada (08/04/1967) Palmeiras 2 X 1 Santos
10ª Rodada (12/04/1967) Internacional 2 X 2 Palmeiras
11ª Rodada (16/04/1967) Palmeiras 3 X 3 Flamengo
12ª Rodada (23/04/1967) Botafogo 0 X 0 Palmeiras
13ª Rodada (06/05/1967) Palmeiras 1 X 1 São Paulo
14ª Rodada (14/05/1967) Bangu 0 X 2 Palmeiras

No quadrangular final o Palmeiras enfrentou o Grêmio, que se classificou em segundo do grupo do Verdão, e Corinthians e Internacional, primeiro e segundo colocados do outro grupo.

Resultados palmeirenses no quadrangular final
1ª Rodada (21/05/1967) Internacional 1 X 2 Palmeiras
2ª Rodada (24/05/1967) Corinthians 2 X 2 Palmeiras
3ª Rodada (28/05/1967) Grêmio 1 X 1 Palmeiras
4ª Rodada (01/06/1967) Palmeiras 0 X 0 Internacional
5ª Rodada (04/06/1967) Palmeiras 1 X 0 Corinthians
6ª Rodada (08/06/1967) Palmeiras 2 X 1 Grêmio

O Palmeiras chegou a última partida precisando apenas de um empate para levantar o caneco. Mas no Pacaembu, diante da sua torcida, o Verdão não quis saber de zero a zero. O artilheiro César Maluco tratou de marcar duas vezes ainda no primeiro tempo, aos 8 e 24 minutos de jogo. O Grêmio ainda reduziu com Ari Ercílio aos 40 do segundo tempo, mas já era tarde para o time gaúcho.
Assista!

YouTube PalmeirasNet/ Arquivo TV Cultura