Opinião: Tite não é a solução do futebol brasileiro

Tite
Foto: Getty Images

A seleção brasileira vive uma excelente fase dentro de campo, mas os mesmos problemas continuam fora dele, e com o bom momento, são amenizados

LEIA MAIS: PRÊMIO TORCEDORES.COM TERÁ A SUA 2ª EDIÇÃO EM 2016 – E COM NOVIDADES!

 

A campanha da seleção brasileira nas Eliminatórias Sul-Americanas vai de vento em popa. Na liderança com 27 pontos, a vaga para a Copa da Rússia está quase garantida. Com Tite, já são 6 jogos e um aproveitamento de 100% dos pontos disputados.

Tite tem muitos méritos por esse resgate da seleção, dentro e fora de campo. Além de exímio conhecedor tático é um excelente gestor de pessoas. Porém, o sentimento maniqueísta do brasileiro se destaca. Nos momentos bons e ruins. Com essa nova “fase” que o futebol canarinho está vivendo, já não se ouve tanto mais aquelas pertinentes reclamações da estrutura de nosso amado futebol.

Quando Dunga era o treinador e as atuações sofríveis, além da alta possibilidade de não ir à Copa, diversas reclamações de torcedores podiam ser ouvidas nas rodas de bate-papo. Tática usada, política, e até comprometimento dos jogadores eram os principais temas.

Aos poucos estamos nos esquecendo de cobrar medidas básicas, como a renúncia imediata do presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, que está sendo investigado pelo FBI, e que não pode exercer sua função de presidente fora país. Pode ser preso!

Nosso calendário esportivo ano após ano é um caos. As datas FIFA não são respeitadas como deveriam, e vemos diversos clubes brasileiros sendo prejudicados pela ausência de seus principais jogadores. O que era para ser a coroação de um belo trabalho, se torna frustração na ausência.

O futebol de base no Brasil também é um problema sério. Desde cedo as promessas já são negociadas com clubes e empresários estrangeiros, sempre visando o lucro. Não temos um projeto sólido de desenvolvimento e inserção social de nossos jovens atletas a esse meio. Aliado a isso, a sede de empresários por adolescentes iludidos pelo sucesso no futebol alimenta uma engrenagem nojenta. Crianças são tiradas de suas casas com a promessa de testes em grandes clubes e de um futuro melhor. Alguns acabam molestados e mortos por empresários farsantes. A CBF ainda é conivente. Não atua com veemência no combate de tais absurdos. Faz vista grossa.

É válido admirar o que está sendo feito pela comissão técnica da CBF, pois tudo dentro de campo está fluindo melhor do que o esperado. A empolgação do torcedor é consequência de um trabalho bem feito e é importante para o resgate do orgulho do torcedor com a seleção. O que não podemos, é fingir que está tudo bem quando as coisas dão certo dentro de campo e os resultados vêm.

Tite é fundamental nesse processo de recuperação. Mas é parte dele. Enquanto as coisas derem certo dentro de campo, faz-se festa. Se der errado, voltamos à realidade. As entranhas de nosso futebol ainda são podres.

 

 



Estudante de jornalismo. Apaixonado por esportes e pela vida.