Opinião: Flamengo precisa reformular peças desgastadas e que não deram certo

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Após dar adeus ao sonho da conquista do sétimo título do Campeonato Brasileiro, mas com a vaga para Libertadores garantida, a diretoria do Flamengo terá pouco tempo para definir o elenco para próxima temporada. A única certeza deveria ser a saída de jogadores já desgastados com a torcida e bastante criticados.

LEIA MAIS:
Presidente e Vice admitem reforços para o Flamengo, mas disfarçam sobre quantidade
Tem jogador saindo e chegando? Veja 10 notícias do Flamengo bombando na web  
VP diz que Flamengo está protegido para não perder jogadores para o exterior; entenda
Com lista de reforços preparada, Flamengo define a prioridade para o ataque; veja

Neste contexto, faltam explicações que possam justificar a renovação de contrato de Márcio Araújo, como a intenção de adquirir os direitos econômicos de Fernandinho. Ainda neste sentido, não existe razão para continuidade de atletas que em mais de 1 ano, não deram retorno consistente dentro de campo, que gerasse títulos ao clube. Casos de Marcelo Cirino, Gabriel, Alan Patrick, Chiquinho etc.

Outra questão é se preocupar com o presente e não ficar lembrando do passado. Por mais que Juan e Emerson Sheik tenham dado ao clube, ambos já não correspondem em campo, ou seja, assunto renovação nem deveria ser cogitado.

Vários do jogadores citados tem contrato com o clube até dezembro. Veja no link: Quem fica? Confira a situação dos 6 jogadores em fim de contrato com Flamengo.

Para 2017, os dirigentes rubro-negro deveriam focar em atletas que decidam em momentos difíceis, em nomes de peso, que aguentem a pressão de jogar em um Flamengo, principalmente jogadores de ataque, que produzam gols.

É impressionante como os “jogadores de lado”, “de velocidade”, do Fla produzem poucos gols. São os atletas que deveriam ser os mais efetivos, dando assistências, se destacando com jogadas individuais, e também botando a bola no fundo das redes. A princípio, alguns nomes devem chegar, a questão é analisar a qualidade. VEJA: Com lista de reforços preparada, Flamengo define a prioridade para o ataque.

O planejamento para reforçar o elenco deve ser mais cirúrgico, coisa que não tem sido, a prova disso é que as contratações as quais o clube gastou mais dinheiro em 2016 (Mancuello, Cuéllar e Donatti) e até em anos anteriores (Marcelo Cirino, independente da Doyen) acabaram com poucas oportunidades e no banco de reserva.

Tanto o presidente Eduardo Bandeira de Mello, como seu Vice de finanças, bateram na tecla de que o clube deve fazer contratações, mas dando entender que serão poucas. A torcida é para serem certeiras e pontuais. Veja o que os dirigentes falaram acessando ao link: Presidente e Vice admitem reforços para o Flamengo, mas disfarçam sobre quantidade.

A chegada de jogadores com mais qualidade, ajudaria até em no desenvolvimento mais natural de garotos da base que demonstram ter qualidade, como o zagueiro Léo Duarte, o volante Ronaldo, o meia Lucas Paquetá, além do atacante Felipe Vizeu. Outros poderiam subir de forma mais tranquila, como Cafu (que está emprestado atuando no futebol Indiano), Matheus Sávio e o centroavante Daniel.

É extremamente importante a chegada de jogadores de “ponta”, principalmente um primeiro volante, e dois atacantes mais decisivos. O Flamengo é o clube que mais arrecada, então tem a obrigação de ter um time mais forte. Além disso, possui vários atletas que podem ser usados para fazer caixa, ou como moeda de troca. É saber valorizar o que se tem no mercado e negociar. Um exemplo de nomes que os dirigentes podem e devem negociar, são os que retornam ao clube em 2017. Confira no link: Flamengo não deve aproveitar jogadores que voltam de empréstimo e estuda trocas.

O técnico Zé Ricardo, muito promissor, mas ainda em início de carreira, tem que passar por uma avaliação e até ser chamado para conversar. Um time da grandeza do Flamengo, não pode ficar utilizando sempre os mesmos jogadores, que muitas vezes não dão tanto retorno em campo.

Apesar do fim de Brasileirão decepcionante, a campanha rubro-negra, em um todo, principalmente pelas viagens, foi acima do esperando para muitos. O que faltou ao Flamengo no fim? Simplesmente, ser Flamengo! Principalmente em sua casa, no Maracanã.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

 

Com tudo isso acontecendo, o Torcedores.com trouxe um breve resumo de como estão as negociações do Rubro-negro para 2017. Veja no link: Mercado da bola: Veja as negociações de quem pode chegar e sair do Flamengo em 2017.

 

CONFIRA AINDA ALGUNS ESPECIAIS FEITOS PELO TORCEDORES.COM:
Veja os jogadores do Flamengo que podem retornar de empréstimo em 2017
Veja até quando vai o contrato dos jogadores do Flamengo
Confira jogadores que estão sem contrato e podem ser bons reforços para 2017
Brasileirão gringo! Veja os estrangeiros contratados no fim da janela 

Foto: Divulgação

Curtiu essa matéria? Siga o autor no Twitter: Allan Abi Madi – @allanmadi