Opinião: Gabriel Jesus brilha e Brasil fecha ano com “chave de ouro”

Foto: Reprodução / Facebook Oficial Confederação Brasileira de Futebol

Com um gol e uma assistência, o atacante Gabriel Jesus foi o protagonista de mais uma vitória da Seleção Brasileira sob comando de Tite – 2 a 0 sobre o Peru, em Lima. O palmeirense mostrou oportunismo ao mandar a bola para a rede adversária e solidário ao rolar para o meio-campista Renato Augusto marcar o segundo gol. Apesar da vitória, o Brasil, que jogou de azul, tomou alguns sustos durante o jogo com bolas na trave e chances claras de gols desperdiçadas pelos peruanos.

LEIA MAIS

OPINIÃO: “NEYMARDEPENDÊNCIA” É COISA DO PASSADO NA SELEÇÃO BRASILEIRA

GALVÃO BUENO RASGA ELOGIOS A JESUS: “ARTILHEIRO DO BRASIL”

OPINIÃO: TITE E A “NEO-SELEÇÃO” BRASILEIRA

O Brasil de Tite voltou a deixar o adversário com a posse de bola e, consequentemente, a ideia de estar com o domínio da partida, encurralando-o com contra-ataques letais puxados pelos meios-campistas Renato Augusto e Philippe Coutinho na maioria das jogadas. Assim como foi visto contra Argentina, Gabriel Jesus ficou mais centralizando, enquanto Neymar flutuava pelos lados do campo, atraindo a marcação para fora da pequena área e abrindo buracos que foi aproveitado com êxito por aqueles que viriam de trás. Por isso, a atuação coletiva melhorou e a “Neymardependência” está se dissipando a cada partida transformando em “Jesushow”.

O show de Jesus resultou na artilharia da seleção neste ano. Com o gol de ontem, a joia palmeirense chegou a marca de cinco gols e se igualou a Philippe Coutinho, deixando Neymar para trás e encerrando sua soberania neste posto desde 2011. Agora, a seleção brasileira aguarda o bom velhinho e se prepara por mais um ano feliz em 2017.