Novo presidente, Galiotte fala sobre situação de Cuca no Palmeiras

Mauricio Galiotte
Divulgação/Palmeiras

O Palmeiras elegeu neste sábado (26) Maurício Galiotte como próximo presidente do clube pelos próximos dois anos. Em sua primeira entrevista coletiva como mandatário do Verdão, Galiotte falou sobre a situação do técnico Cuca, que pode ser campeão neste domingo e que tem contrato com o clube até o final deste ano.

“Como a gente analisa um profissional? Com metas, objetivos, com trabalho do dia a dia. O Cuca, obviamente, é muito bem avaliado. Se houver possibilidade, se chegarmos a um denominador comum, sem dúvida, eu e acho que todos os palmeirenses, gostaríamos que o Cuca ficasse”, disse Galiotte.

LEIA MAIS:
Reforços e direitos de TV: listamos as pendências que o próximo presidente do Palmeiras terá para resolver

O próximo presidente do Palmeiras explicou o fato do clube ainda não ter procurado o técnico para tratar da renovação, como disse o próprio Cuca em entrevista coletiva na Academia de Futebol nesta sexta-feira (25).

“O Cuca está no Palmeiras, o tempo todo conosco. Nós não conversamos com o Cuca até então sobre uma proposta oficial, sobre valores. Se foi isso que ele quis dizer, é um fato, mas estamos todos os dias em contato com ele”, explicou.

Maurício Galiotte foi eleito para ser o próximo presidente do Palmeiras pelos próximos dois anos, a partir do dia 15 de dezembro. O novo mandatário, que concorria em chapa única, recebeu 1639 votos dos 1733 sócios que participaram das eleições – 94 votaram em branco. Galiotte ocupará o cargo deixado por Paulo Nobre.

Galiotte concorreu ao pleito acompanhado de seus vices Genaro Marino Neto, Antonino Jesse Ribeiro, Victor Fruges e José Carlos Tomaselli. De forma igual a 2014, as chapas eram fechadas, portanto, os vices não concorreram de forma independente.