Muricy acha válida contratação de Ceni, mas pede reforços pra 2017

Foto: Reprodução/SporTV

A contratação de Rogério Ceni como treinador do São Paulo foi anunciada nesta quinta-feira por meio de um vídeo nas redes sociais. Um ano após anunciar aposentadoria, Ceni retorna ao clube após demonstrar grande desejo em comandar a equipe que defendeu por 25 anos.

O São Paulo passa por uma temporada irregular. Mesmo tendo alcançado às semi-finais da Libertadores o time não teve um primeiro semestre convincente, e oscilou bastante na segunda parte do ano, chegando a lutar contra a zona de rebaixamento do Brasileirão e por ser eliminado na Copa do Brasil para o Juventude, nas oitavas de final.

LEIA MAIS:
É OFICIAL! SÃO PAULO ANUNCIA ROGÉRIO CENI COMO TÉCNICO PARA 2017
RELEMBRE AS CONQUISTAS DE ROGÉRIO CENI COM A CAMISA DO SÃO PAULO
SÃO PAULO ANUNCIA CHEGADA DE ROGÉRIO CENI COM VÍDEO INUSITADO; ASSISTA

Com a chegada de Ceni, há a expectativa que o bom futebol e a briga por títulos estejam nos planos do São Paulo no próximo ano. O comentarista da SporTV e ex-treinador do tricolor paulista, Muricy Ramalho aprova o retorno do ídolo, mas pede contratações para Rogério ter “material para trabalhar” em 2017.

“Vai depender do que o São Paulo vai planejar pro ano que vem. Porque não adianta nada trazer o Rogério Ceni e não dar o material pra ele poder trabalhar também. O clube precisa de contratações. Vai ter um técnico que não tem muita experiência, mas ele precisa ter jogadores senão fica complicado”, afirma.

Além dos reforços, Muricy pede paciência com Ceni pela falta de experiência na nova função.“Ele tem liderança, que é importante. Sabe comandar. Agora tem que ter paciência com ele. Não é mesma coisa ele está de um lado e ir pro outro. A diferença é enorme, por mais que acham que não”.

Até o momento, o único reforço anunciado para a próxima temporada é o atacante Wellington Nem, e há rumores sobre a chegada do goleiro Sidão, que pertence ao Audax mas defende atualmente o Botafogo, clube que também quer a a contratação do jogador.



Paulistano, 20 anos. Estudante de Comunicação Social-Jornalismo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.