Minotauro diz que Fedor tem de pensar em aposentadoria do MMA

Crédito da foto: Reprodução/Instagram oficial de Rodrigo Minotauro

Atualmente aposentado do MMA, Rodrigo Minotauro vem trabalhando junto com o UFC como embaixador da organização. E também se mostra ligado ao que acontece no mundo das lutas, em especial em relação a um contemporâneo seu no esporte: Fedor Emelianenko.

O russo fará contra o ex-Ultimate Matt Mitrione sua luta da estreia no Bellator, em fevereiro de 2017. O brasileiro, que perdeu duas vezes para o ‘Último Imperador’ no período do Pride, acredita que a lenda do MMA deve pensar no final de sua carreira.

LEIA MAIS

PRÊMIO TORCEDORES.COM TERÁ A SUA 2ª EDIÇÃO EM 2016 – E COM NOVIDADES!

COM 2005 FRESCO NA MEMÓRIA, FERNANDO CARVALHO DIZ: “SE HÁ UM CLUBE QUE PODE RECORRER AO STJD, É O INTER”

LESÃO TIRA CORMIER DE LUTA PELO TÍTULO NO UFC 206

“Ele esperou demais para entrar no UFC, se ele tivesse entrado cinco ou seis anos atrás, ele estaria no auge. Mas agora não é mais tempo de pensar nisso. Se eu estivesse no lugar dele, pensaria na hora de me aposentar”, afirmou Minotauro ao site Submission Radio

“O Fedor está preparado para esta luta (contra Mitrione), ele está lutando mais e está em forma. E luta é luta, você nunca sabe. Na luta contra o (Fábio) Maldonado, ele foi surpreendido. Então, você nunca sabe, porque luta é luta, mas o Fedor tem tudo para vencer”, completou o ex-peso pesado, citando a polêmica luta entre o russo e o brasileiro neste ano.

Emelianenko chegou a ficar próximo do UFC em várias oportunidades, mas nunca conseguiu acertar um acordo com a companhia dirigida por Dana White. Nos Estados Unidos, atuou em eventos já extintos como o Affliction e o Strikeforce.