McGregor e Mayweather trocam provocações após UFC 205

Reprodução/Instagram

Conor McGregor e Floyd Mayweather Jr tem uma rivalidade mais focada nos atos de ambos fora das lutas do que dentro de octógonos e ringues. Mas a vitória do irlandês em cima de Eddie Alvarez no UFC 205 praticamente ajudou a iniciar uma série de provocações e declarações fortes de ambos.

LEIA MAIS

PRÊMIO TORCEDORES.COM TERÁ A SUA 2ª EDIÇÃO EM 2016 – E COM NOVIDADES!

CONHEÇA OS FINALISTAS DO PRÊMIO TORCEDORES.COM DE MÍDIA ESPORTIVA 2016

Tudo começou quando Mayweather disse ao site ‘TMZ Sports‘ que via como ‘desrespeito’ uma comparação entre ele e o irlandês após sua consagração no último final de semana em Nova York,

“Você disse que ele é o Floyd Mayweather do MMA. Fico tentando imaginar. Já conseguiu ganhar US$ 300 milhões em uma só noite? E quanto a US$ 100 milhões? E 70 milhões? Se você acha que pode comparar ele a mim, te digo que não é verdade”

A resposta do irlandês veio rápida e também em entrevista ao TMZ, no qual disparou contra o ex-boxeador afirmando que ele dissesse isso ‘na cara dele’. E em um vídeo divulgado nesta semana, o ‘Notorious’ lançou mais uma provocação a ‘Money.

“Respeito muito Floyd, ele é um cara que sabe muito de negócios e é um animal no que ele fez. Mas ele não quer nada com lutas de verdade, uma luta pura e sem qualquer arma. Ele quer mais é um ‘desafio’, não uma luta de boxe de verdade. Quero US$ 100 milhões em dinheiro para lutar contra ele, mas em uma luta de verdade e com regras reais do boxe”, disparou McGregor.

E até Dana White apareceu para defender seu protegido e aproveitou para disparar contra a qualidade das lutas de Mayweather em sua carreira, afirmando que o americano seria ‘a cura perfeita para a insônia’.

“O Conor… se você o tocar, ele te põe para ‘dormir’. O Floyd também, mas é pelo jeito que ele luta e não por nocautes. Ele só bota gente ‘para baixo’ quando ninguém está olhando. O cara é especial, tem 28 anos e o Floyd pode dizer o que ele quiser sobre o Conor, mas até outros lutadores o respeitam. Ele é especial, e Mayweather não chega nem perto que o McGregor é”, disse o chefão do UFC.

(Crédito da foto: Reprodução/Instagram)