Mattos relembra papo para convencer Dudu do Palmeiras: “Avisei que seria ídolo”

Dudu
Foto: Cesar Greco / Ag. Palmeiras

O atacante Dudu, do Palmeiras, foi protagonista de reportagem especial do Esporte Espetacular, da TV Globo, neste domingo. O jogador, que da fama de ” encrenqueiro” em 2015 passou a capitão do time de Cuca em 2016, deve erguer a taça de campeão brasileiro logo mais. Se o Verdão empatar ou vencer a Chapecoense, no Allianz Parque, assegura o nono título da competição nacional.

Na entrevista, o camisa 7 admitiu: “cheguei aqui e não era palmeirense. Mas agora sou torcedor do Palmeiras, meus filhos são palmeirenses. Com certeza vou levar o Palmeiras para o resto da minha vida, um clube que me deu tudo o que sou hoje”.

LEIA TAMBÉM:
PM evacua até os bares e tira torcedores do Palmeiras de ruas próximas ao Allianz

5 vezes que os rivais “chiaram”, mas tiveram que aceitar o Palmeiras na liderança do Brasileirão

Adorado pela torcida, Dudu chegou ao Palmeiras no início de 2015 graças ao diretor de futebol Alexandre Mattos. Recém-contratado pelo clube alviverde, o dirigente convenceu o empresário e o atacante a ir para a Academia de Futebol. Vale lembrar que, na época, o atleta era disputado pelos rivais Corinthians e São Paulo até que o Verdão anunciou surpreendentemente a transferência.

“Lembro que eu estava no táxi (…) tinha acabado de chegar no Palmeiras. Daí li que o São Paulo teria acertado com ele, depois vi o Corinthians teria acertado”, relembra Mattos, que foi falar pessoalmente com o representante de Dudu depois para fisgá-lo ao Palmeiras.

“O empresário dele falou que o Dudu queria jogar a Libertadores. Daí eu disse: ‘Olha, ele vai jogar a Libertadores, mas pelo Palmeiras. Confie em mim, aqui ele vai virar um ídolo’ “, profetizou o diretor de futebol.

Após um primeiro ano tendo que lidar com a indisciplina – levou 14 cartões em 2015, com direito à famosa expulsão na decisão do Paulistão -, Dudu amadureceu e se tornou peça importante para o time, tanto técnica e tática mas também psicologicamente. O camisa 7, que levou muitas broncas de Cuca, passou a ser capitão sob a confiança do chefe e a decisão se provou acertada.

Até aqui, no Campeonato Brasileiro, Dudu é o vice-artilheiro do Palmeiras com seis gols, somente atrás de Gabriel Jesus, com 12. O atacante é o líder em assistências para gols do campeonato ao já ter deixado seus companheiros de frente para a meta adversária 10 vezes.

No Allianz Parque, ninguém fez mais gols em dois anos que o camisa 7 do Verdão – Dudu balançou as redes em 12 oportunidades, e em muitas dessas vezes contribuiu com gols decisivos, como na final da Copa do Brasil de 2015 e, no último domingo, diante do Botafogo, que deixou o Verdão com nove dedos na taça do Brasileiro.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.