Marquinhos Gabriel precisa de vaga na Libertadores para curar trauma pessoal

Corinthians
Foto: Divulgação/Site Oficial Corinthians

O jogador do Corinthians, Marquinhos Gabriel, sonha com uma vaga na Libertadores da América do próximo ano assim como todos os torcedores corintianos.

O jogo deste sábado (26), entre Corinthians x Atlético-PR, possui extrema importância para o alvinegro. A vitória é essencial para colocar o Timão dentro do G-6 e depender apenas de si para conquistar uma vaga na competição continental em 2017.

LEIA MAIS:
Corinthians x Atlético-PR: saiba como assistir ao jogo AO VIVO na TV

No entanto, não é somente para o clube e seus torcedores que a participação na Libertadores é fundamental, para os atletas também. Em especial para Marquinhos Gabriel, já que ao longo de sua carreira, não teve muita sorte no torneio.

Como foi levantado pelo portal UOL, no ano de 2009, o camisa 31 do Timão surgiu como revelação no Internacional e foi titular absoluto da equipe que teve uma boa campanha e terminou o Brasileirão no G-4. No ano seguinte, logo na pré-temporada,  Marquinhos se lesionou na pré-temporada e nem se quer foi inscrito na Libertadores de 2010, justamente a que o Internacional foi campeão.

Depois de cinco anos no aguardo de uma outra oportunidade, chegou bem perto com o time do Santos em 2015, porém, a equipe que contava com Gabigol, Ricardo Oliveira, Lucas Lima, além de Marquinhos Gabriel, foi derrotada na final da Copa do Brasil, nos pênaltis, para o Palmeiras.O Peixe não conseguiu nem permanecer no G-4 do Brasileirão e acabou não participando da competição realizada pela Conmebol.

Atualmente com 26 anos, o jogador teve essa oportunidade novamente com o Corinthians em 2016. Chegou ao clube comandado por Tite e queria ir longe na competição. Entretanto, no jogo de sua estreia, partida de volta das oitavas de final, o Timão foi eliminado pelo Nacional, do Uruguai, em casa, mesmo com gol de Marquinhos Gabriel, de pênalti.

Por isso, ficar no G-6 pode ser uma oportunidade de recomeço tanto do atleta na competição, como do Corinthians. E a vitória nesse sábado é fundamental para isso.