Marcelo Bielsa é cotado na seleção dos EUA, mas exige mudanças na MLS e Donovan de auxiliar

Reprodução/YouTube

Depois da demissão do técnico Jürgen Klinsmann do comando da seleção norte-americana, a federação de futebol do país começou a procura pelo novo treinador, que segundo a agência de noticias “Télam”, tem como prioridade ninguém menos que “El Loco”, Marcelo Bielsa. Mas o treinador teria feito exigências, e uma delas, é a alteração do calendário da MLS (Major League Soccer).

LEIA MAIS:
DENILSON ZOA RENATA FAN APÓS MAIS UMA DERROTA DO INTER; APRESENTADORA CHORA
APOSENTADO AOS 30, EX-ATACANTE ARGENTINO REVELA FRUSTAÇÃO COM O FUTEBOL

A agência de notícias argentina “Télam”, afirma que o técnico Marcelo Bielsa é cotado para assumir a seleção de futebol dos Estados Unidos, após a demissão do alemão Jürgen Klinsmann, que era técnico da euqipe desde 2011, após ter conseguido um terceiro lugar na Copa do Mundo de 2010 com a Alemanha. Porém, Bielsa não é conhecido como “El Loco” a toa, e segundo a agência argentina, fez exigências para assumir o comando técnico.

Entre as exigências de El Loco, está a alteração do calendário da liga americana de futebol, a MLS (Major League Soccer), que ao invés de iniciar em Abril, começaria em Fevereiro. Além disso, ele pediu um salário anual de quatro milhões de dólares (aproximadamente 13 milhões de reais), e também deseja ter como seu auxiliar técnico o jogador Donovan, que joga no Los Angeles Galaxy e que foi a principal referência da seleção americana nas últimas edições da Copa do Mundo.

Mas, não podemos esquecer que Marcelo Bielsa é sempre imprevisível: neste ano, ele foi anunciado como técnico da Lazio, mas depois de dois dias a frente da equipe, pediu demissão porque não teve suas exigências cumpridas pela diretoria italiana. Antes da Lazio, ele comandou as seleções da Argentina e do Chile, além de equipes europeias como o Atlético de Madrid e o Olympique de Marselha.

Além de “El Loco, também são ctados para assumir o comando da seleção dos Estados Unidos os técnicos Bruce Arena, atualmente treinador do Los Angeles Galaxy, e Caleb Porter, que está a frente do Portland Timbers.