Livre do Z4, Mano Menezes fala em “alívio” após vitória do Cruzeiro

Crédito da imagem: Anderson Stevens/Lightpress/Cruzeiro

Um gol do volante Henrique deu a vitória ao Cruzeiro diante do Sport. O técnico Mano Menezes saiu satisfeito da Ilha do Retiro.

PRÊMIO TORCEDORES.COM DE JORNALISMO COLABORATIVO
Prêmio Torcedores.com terá sua 2ª edição em 2016
Conheça os finalistas do prêmio Torcedores.com de mídia esportiva 2016

“Costumo sempre analisar produção. O resultado isolado no futebol pode até vir e uma bola muda a história de um jogo no futebol. O Cruzeiro já estava produzindo nos últimos jogos um rendimento que apontava para sairmos de uma situação desconfortável. É isso que nos deu um alívio”, admitiu Mano Menezes após o 1 a 0 em Recife.

Com este resultado, o Cruzeiro chegou ao 11º lugar, com 47 pontos em 35 jogos, enquanto o Sport se complicou e segue próximo da zona de rebaixamento, com 43 pontos. Internacional (38), Figueirense (34), Santa Cruz (27) e América-MG (27) estão no Z4. “O Cruzeiro, ao longo da temporada, errou muitos gols. Mas, felizmente, agora, estamos tomando poucos. Não resolvemos totalmente a primeira parte, mas resolvemos a segunda, o que nos dá possibilidade de construir vitórias apertadas como a de hoje, mas tão importantes como aquelas que escaparam com produção até muito melhor”, acrescentou o técnico.

Mano Menezes já trabalha pensando em 2017. “O futebol tem estes caprichos. Este entendimento de jogo que a equipe conquistou no segundo turno é o que temos que levar para a temporada seguinte. Nessa hora, sob pressão, saber fazer o trabalho como os jogadores têm feito, valoriza muito o segundo turno e por isso estamos fazendo uma pontuação de parte de cima da tabela”.

FICHA TÉCNICA – Sport 0 x 1 Cruzeiro
Local: Ilha do Retiro, em Recife-PE
Data: Quarta (16), às 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Público: 25.477
Gol: Henrique, aos 42 minutos do 1º tempo
Cartões amarelos: Neto, Luis Ruiz (Sport); Marcos Vinícius, Rafael Sóbis (Cruzeiro)
SPORT – Magrão; Samuel Xavier, Matheus Ferraz, Ronaldo Alves e Renê; Neto Moura (Ronaldo), Rithely, Everton Felipe (Lenis) e Diego Souza; Luis Ruiz (Túlio de Melo) e Rogério. Técnico: Daniel Paulista
CRUZEIRO – Rafael; Lucas Romero, Léo, Manoel e Bryan; Ariel Cabral, Henrique e Marcos Vinícius (Alex); Rafael Sóbis, De Arrascaeta (Ezequiel) e Willian (Ramón Ábila). Técnico: Mano Menezes