Lewis Hamilton parabeniza Nico Rosberg, e afirma: “Eu fiz tudo que podia”

Lewis Hamilton
Twitter oficial da Fórmula 1

Nico Rosberg é o novo campeão mundial de Fórmula 1, mas é preciso reconhecer: Lewis Hamilton fez tudo que podia até a última volta, para tentar ficar com o campeonato. No fim, ele reconheceu que a conquista do companheiro de equipe foi merecida, apesar de não ter conseguido no pódio a frustração.

O título de Nico Rosberg foi merecido, não tem como dizer o contrário. Mas uma coisa é certa, Lewis Hamilton fez tudo que podia para tirar do piloto alemão o título. Inclusive, diminuiu o ritmo na liderança da prova de propósito, fazendo com que os demais pilotos conseguissem se aproximar de Rosberg, que nas duas últimas voltas, tomou pressão de Vettel. Mesmo com as ordens da equipe para aumentar o ritmo, o piloto inglês não obedeceu e manteve o ritmo baixo:

LEIA MAIS:
NICO ROSBERG ELOGIA HAMILTON, RECONHECE PROVA DIFÍCIL E DEDICA VITÓRIA A ESPOSA

“Eu fiz tudo que podia, dentro de uma razão justa”, afirmou o piloto inglês após a entrevista coletiva, onde complementou que teve muitos problemas durante a temporada, e que isso o prejudicou um pouco na luta pelo titulo: “Não dá para vencer todas, tivemos muitos problemas neste ano e inevitavelmente ficamos nesta posição. Mas continuo muito feliz.”

Hamilton reconheceu que fez de fato tudo que podia nas últimas provas do campeonato, mas que não foi o suficiente: “Fiz o que podia nestas últimas quatro corridas. Era o que eu podia fazer. Vamos nos divertir muito esta noite com a equipe e todo mundo.”

No pódio, Hamilton não conseguiu esconder a insatisfação por ter perdido o título, mesmo cumprimentando Rosberg por duas vezes (a pedido do apresentador), e tendo elogiado a conquista do companheiro de equipe: Eu só quero agradecer a equipe e a minha família. E parabéns ao Nico, o novo campeão do mundo.”