Jordan recebe prêmio emblemático na Casa Branca, e conta com irreverência de Obama

Reprodução: Intagram da NBA

Um dos maiores jogadores de basquete da história, Michael Jordan foi homenageado pelo Estados Unidos, recebendo das mãos do ainda presidente americano Barack Obama a “Medalha da liberdade”, maior condecoração civil do país.
LEIA MAIS:
VEJA AS CAMISAS MAIS BONITAS DA NBA

Aos 53 anos, o também dono do Charlotte Hornets, ainda desfruta das conquistas desempenhadas nas quadras, mesmo aposentado a mais de 15 anos. Jordan deixou um legado no baquete que jamais será esquecido ou facilmente igualado, liderando recordes de pontos da NBA, com a exclusividade de ser aplaudido de pé.

A Medalha da Liberdade é considerada “uma contribuição especial meritória à segurança ou interesses nacionais dos Estados Unidos, paz mundial, cultural ou outras importantes iniciativas públicas e privadas.” O prêmio tem o objetivo de enaltecer as lendas que marcaram os EUA.

O presidente Barack Obama, ao se pronunciar referente às homenagens da casa mais importante de Washington, lembrou do papel protagonizado por MJ no filme “Space Jam”, tirando risos da plateia: “Hoje, nós celebramos extraordinários americanos que elevaram seus espíritos e nos uniram, nos levando ao progresso. Eu sempre amei esse tipo de evento, mas esse de hoje é particularmente especial. Temos inventores, artistas, funcionários públicos, atletas e atores renomados como o garoto do Space Jam – declarou Obama. (Créditos: SporTV).



Estudante de Jornalismo na FIAM/FAAM - 20 anos