Ingresso mais caro de “decisão” do Palmeiras pagaria quatro meses de PPV; confira

Allianz Parque
Crédito de imagem: Divulgação/Site oficial do Palmeiras

O Palmeiras anunciou na última semana o reajuste no preço dos ingressos para a última partida da equipe no Allianz Parque nesta temporada. A entrada mais cara para o duelo contra a Chapecoense, válido pela 37ª rodada do Brasileirão, custa R$ 400, o valor mais alto entre os grandes clubes brasileiros e equiparado a alguns estádios da Europa. O confronto contra os catarinenses pode garantir o título palmeirense.

LEIA MAIS:
Corinthians tem quase o dobro de jogos do Palmeiras transmitidos na Globo 
Brasileirão: 3 razões para a Globo lamentar por não passar o Palmeiras na rodada 

Com o valor desembolsado para o setor Central Oeste, o torcedor palmeirense que mora na capital paulista pagaria quatro meses de PPV (Pay-per-view), disponíveis para assinantes da Net, Claro TV, SKY e Vivo. A cidade ainda não conta com a operadora Oi TV.

Os usuários da Net e Claro TV que adquirirem o Premiere Futebol, que inclui as séries A e B do Brasileirão e mais seis estaduais (Paulista, Carioca, Mineiro, Gaúcho, Catarinense e Paranaense), pagarão uma mensalidade de R$ 81,90 nos dois primeiros meses. Após o período, o valor vai subir para R$101,90/mês. Assim, durante quatro meses, o torcedor desembolsará R$ 367,60. Ainda sobraria alguns trocados para tomar aquela cervejinha.

O usuário da SKY pagará R$ 96,90 mensais pelo pacote “Premiere Total”, que inclui as séries A e B do Brasileirão e mais seis Estaduais. Durante quatro meses terá pago R$ 387,60.

O usuário da Vivo TV desembolsará R$ 80,00/mês pelo pacote com a série A ou B do Brasileirão e mais um estadual. Durante quatro meses, terá pago R$ 320, o valor mais baixo e R$ 80 a menos que o ingresso do setor Central Oeste do Allianz Parque.

Muito próximo de conquistar o Brasileirão, o Palmeiras tem o maior ticket médio da competição: R$ 65,08, seguido pelo Flamengo (R$ 57,58), de acordo com o Footstats. O número certamente aumentará nos dois jogos restantes da equipe como mandante.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)