Fred revela em detalhes que por pouco não foi parar no São Paulo; veja

Fred
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG/
Artilheiro do Campeonato Brasileiro com 14 gols, o atacante Fred rapidamente caiu nas graças do torcedor do Atlético-MG. Com declarações a massa atleticana e desempenho elogiado pela mídia dentro das quatro linhas, o jogador concedeu entrevista ao Globoesporte.com, e dentre muitos outros assuntos, deu detalhes sobre a sua conturbada saída do Fluminense. Por pouco, o centroavante do Galo não foi parar no São Paulo.

Fred disse ter notado um verdadeiro cenário de fritura dentro das Laranjeiras com vazamento de valores que ele ganhara na ocasião, já que o custo de sua permanência inviabilizaria a conclusão das obras do novo CT do clube carioca. Diante desta situação, o atleta foi até o presidente Peter Siemsen.

LEIA MAIS:

FRED REVELA BASTIDORES DA SUA CHEGADA AO ATLÉTICO E CONDIÇÃO QUE ENVOLVIA O RIVAL

CARIOCA CULPA MARCELO POR DESEQUILÍBRIO DO TIME E SE DIZ ‘INDIFERENTE’ POR SUA DEMISSÃO

GANSO POR URSO? ATLETICANOS DETONAM POSSÍVEL TROCA ENTRE SEVILLA E GALO

Peter, o Fluminense é minha segunda casa, meu sentimento é de gratidão, devo muito a esse clube. As maiores alegrias que tive na minha carreira foram aqui, o momento mais difícil que passei no futebol, foi o Fluminense que me acolheu de uma forma que ninguém mais faria. Por isso, quando achar que sou um peso financeiro, peço para me procurar”, falou ele ao mandatário tricolor.

Até que o representante de Fred foi procurado pela cúpula do Fluminense para relatar as dificuldades que teriam de bancar o jogador no elenco, já que o antigo patrocinador (Unimed) havia deixado o clube. Neste momento, foi cogitado até a possibilidade de ser liberado de graça. O São Paulo apareceu como interessado em contar com o atleta de 33 anos, porém, a tranferência não se concretizou já que Fred tinha o desejo de sair em definitivo, e não por empréstimo. No final, o Atlético acabou acertando a contratação.

Recebi essa notícia com certa tristeza, mas estava decidido que, quando ouvisse isso da diretoria, buscaria o meu caminho. Pouco tempo depois, o Levir Culpi assumiu e, coincidência ou não, senti ali que o processo de fritura se intensificou. A sensação que eu tive foi de que aquela situação era algo premeditado. Na primeira oportunidade que teve, o presidente do Fluminense aceitou até mesmo me envolver numa troca de jogadores com o São Paulo. A negociação foi aberta e por muito pouco eu não fui pra lá. Na última hora, a transação não se concretizou porque minha única condição era sair em definitivo. Eu não aceitaria ser emprestado para outro clube por puro capricho do presidente e correr o risco de manchar minha história no Fluminense. Enfim, depois de todo esse tempo, houve interesse concreto do Atlético-MG na minha contratação e, apesar de conturbada, o desfecho da transação se deu muito rápido“, contou Fred.

MAIA GALO:

NEPOMUCENO NEGA ATRITO, DESCARTA ESTRANGEIRO E CONFIRMA INTERINO ATÉ O FINAL DO ANO

MARCELO SE DIZ SURPRESO COM DEMISSÃO E CLASSIFICA ELENCO COMO “DESEQUILIBRADO

MERCADO DA BOLA SP:

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: Eder Bahúte – @ederbahute