Fred diz ter recusado ofertas maiores para acertar com o Galo; rival tentou atravessar negócio

Bruno Cantini/CAM
O atacante e artilheiro do Campeonato Brasileiro 2016, Fred, volta campo neste domingo às 17h (horário de Brasília) para vestir a camisa do Atlético-MG diante do São Paulo, no Independência, em Belo Horizonte, pelo Brasileirão. Totalmente adaptado ao novo clube, ele revela em entrevista ao Globoesporte.com que se surpreendeu com todo o carinho e respeito que recebeu dos torcedores alvinegros, muito por conta do seu passado no rival.

Após uma saída bastante conturbada do Fluminense, Fred disse ter recebido ofertas maiores que ele classificou como oportunistas naquela situação. Recentemente, ele confirmou que o Cruzeiro tentou atravessar a sua transferência para a Cidade do Galo. O presidente do Tricolor das Laranjeiras, Peter Siemsen, tendo em vista o cenário, decidiu suspender a negociação. Neste momento, Fred exigiu que o mandatário carioca “fosse correto e honrasse o que havia sido acordado verbalmente com o Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG”.

LEIA MAIS:

FRED SE DECLARA AO ATLÉTICO-MG E DIZ QUE FOI “FRITADO” NO FLUMINENSE

FRED REVELA EM DETALHES QUE POR POUCO NÃO FOI PARAR NO SÃO PAULO; VEJ

FRED REVELA BASTIDORES DA SUA CHEGADA AO ATLÉTICO E CONDIÇÃO QUE ENVOLVIA O RIVAL

Quero deixar muito claro que a minha decisão não foi financeira. Eu ganho exatamente a mesma coisa que ganhava no Fluminense, nem um centavo a mais. Inclusive, tive propostas maiores, que considerei oportunistas na ocasião. No meio da negociação com o Atlético, outro clube tentou atravessar oferecendo mais dinheiro para mim e para o Fluminense, e foi aí que o Peter resolveu, por conta própria, suspender as negociações com o Atlético. Quando eu e meus representantes tomamos conhecimento disso, nós nos posicionamos de uma maneira muito firme e exigimos que o Peter fosse correto e honrasse o que havia sido acordado verbalmente com o Daniel Nepomuceno, presidente do Atlético-MG. Nem a gente pediria nada além do que havia sido combinado e, da mesma forma, ele não fugiria do que havia sido pré-acordado. Para quem propôs me liberar de graça no início do ano, encarei como oportunismo essa atitude, conduta que eu não concordo e não aceite“, afirma Fred.

APOSENTADORIA NO GALO?

“O futuro, realmente, a Deus pertence. Não adianta nada a gente fazer os nossos planos se não forem os planos dele. Então, me preocupo muito com o que Deus traçou para a minha vida. Sempre me imaginei me aposentando no Fluminense e, inclusive, dando sequência no clube, contribuindo de alguma forma, fosse na parte técnica, fosse como treinador ou diretor. Mas, de uma hora para outra, houve uma reviravolta muito grande. E hoje me considero uma pessoa realizada. Se for da vontade de Deus que eu me aposente no Galo, isso também me fará feliz, pois, onde eu menos esperava encontrar tanto carinho, respeito e admiração, por causa do meu passado no rival, achei tudo isso. Como não poderia ser diferente, a forma que tenho de retribuir e agradecer tudo isso que vivo hoje é fazer da camisa do Galo minha segunda pele assim como fiz em todos os clubes que passei”.

MAIS ATLÉTICO

CARIOCA CULPA MARCELO POR DESEQUILÍBRIO DO TIME E SE DIZ ‘INDIFERENTE’ POR SUA DEMISSÃO

GANSO POR URSO? ATLETICANOS DETONAM POSSÍVEL TROCA ENTRE SEVILLA E GALO

Curtiu a matéria? Siga o autor no Twitter: Eder Bahúte – @ederbahute