Fluminense: Siemsen fala em falta de bom senso do Atlético-PR em saída da Primeira Liga

Crédito: Divulgação/Fluminense

Campeão da primeira edição, o Fluminense tem vaga garantida na Primeira Liga em 2017. Em evento em São Paulo, o Presidente do Fluminense, Peter Siemsen, falou sobre a desistência dos clubes paranaenses da competição; na mesma semana que o Atlético-MG confirmou presença.

“O torneio vai ser mantido e provavelmente outros dois clubes devem ser convidados. Segue a vida. Acho que deve haver bom senso. Não houve bom senso mais uma vez por parte do Atlético-PR, que é difícil mesmo. Já encarei isso em outras vezes, mas se os seus objetivos são diferentes dos objetivos do grupo, é natural sair”, falou o cartola.

Na tarde de ontem (22), a Primeira Liga soltou comunicado sobre a desistência de Coritiba e Atlético-PR, um dos motivos é função de “discordâncias internas”.

“Ficou acordado que haverá a competição. Apenas dois clubes deixaram (a Primeira Liga). É questão de visão política, algo normal. Não vejo maiores problemas. Transformar contrato comercial em instrumento político não é legal. Se seus objetivos são diferentes do grupo, é normal que se saia. Outros clubes entrarão, mas o presidente Gilvan pode responder melhor”, reiterou o Presidente do Fluminense.

“Vai haver o torneio do mesmo jeito, sem problema nenhum. Estamos planejando, definindo os últimos detalhes. A posição dos clubes no Campeonato Brasileiro é importante, porque tem impacto nas datas disponíveis do ano que vem”, também falou o Presidente do Flamengo – Eduardo Bandeira de Mello.