Fluminense tenta vencer erros para encerrar jejum no Brasileirão

Fluminense
Crédito da foto: Reprodução Facebook oficial do Fluminense

As chances do Fluminense se classificar para a Taça Libertadores da América ficaram menores com os recentes tropeços do time, que não vence há oito partidas no Campeonato Brasileiro. Para ainda sonhar com a vaga, além de tentar vitórias e torcer para que os rivais também tropecem, o time terá de vencer erros cometidos pela equipe durante a temporada.

LEIA MAIS

PRÊMIO TORCEDORES.COM TERÁ A SUA 2ª EDIÇÃO EM 2016 – E COM NOVIDADES!

FIFA INDICA QUE COPA DO MUNDO 2018 PODERÁ TER ‘ÁRBITRO DE VÍDEO’

Um levantamento feito pelo Globoesporte.com indicou pelo menos cinco problemas que podem ter interferido na queda de rendimento do time carioca na reta final do Brasileirão: erros defensivos, mudanças no time, jejum pós G6, queda de rendimento do time no Maracanã e do meia Gustavo Scarpa.

Os erros da defesa tricolor custaram um bom número de pontos ao Flu. O time chegou a ter a defesa menos vazada do campeonato, mas descuidos especialmente no jogo aéreo foram cruciais para que o time não se acertasse defensivamente, mesmo sem grandes mudanças no setor defensivo exceto pela entrada de Júlio César na vaga de Diego Cavalieri.

A falta de um ‘matador’ também prejudicou o time durante o Brasileirão, com o então técnico Levir Culpi não conseguindo formar um time que conseguisse ser mais preciso ofensivamente. Mudanças estas que também influíram em uma queda de rendimento de um de seus principais jogadores, o meia Gustavo Scarpa, que não vem atravessando uma boa fase.

Sem ganhar no Maracanã desde que voltou ao estádio (foram dois empates) e sem vencer desde que houve a mudança da vagas na Libertadores criando o G6, o Fluminense tem contra Figueirense e Internacional a chance de reverter a tendência de queda ao final da temporada e garantir um final de ano menos sombrio a seus torcedores.

(Crédito da foto: Reprodução\ Facebook oficial do Fluminense)