Figueirense 1 x 1 Corinthians: confira as notas dos jogadores do Timão

Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

O Corinthians tinha a vitória nas mãos até os 47 minutos do segundo tempo, mas acabou sendo castigado com o empate do Figueirense (1 a 1) na noite desta quarta-feira, no Orlando Scarpelli, e perdeu a chance de retornar ao G-6 do Brasileirão.

LEIA MAIS:
Figueirense x Corinthians: assista aos gols da partida 
Camacho lamenta o empate do Corinthians: “Não merecíamos tomar esse gol” 

O Timão saiu na frente aos 43 minutos com golaço do volante Camacho. Nos acréscimos da etapa final, tomou o empate com gol impedido de Rafael Moura.

A equipe alvinegra volta a campo na próxima segunda-feira, contra o Internacional, na Arena.

Confira as notas dos jogadores do Corinthians:

Walter: 6,0 – pouco exigido na partida. Sem culpa no gol do Figueirense.

Fagner: 5,5 – Sem muito trabalho na marcação. Poderia ter participado mais no apoio ao ataque. Saiu cansado nos minutos finais.

(Léo Príncipe) – sem nota. Jogou apenas os minutos finais. Sem tempo para mostrar serviço.

Pedro Henrique: 6,0 – Não comprometeu. Fez o arroz com feijão.

Léo Santos: 6,0 – O garoto de 17 anos mostrou personalidade em sua estreia. Não sentiu a pressão. Boas antecipações.

Guilherme Arana: 5,5 – Mais participativo que Fagner no ataque, porém, levou algumas bolas nas costas.

Willians: 5,0 – Bons desarmes no primeiro tempo. Na etapa final sentiu um problema físico e passou errar botes e passes, comprometendo a sua atuação.

Giovanni Augusto: 5,0 – Estragou a boa atuação ao ser expulso logo após o gol de empate. Meteu bola na trave no início do segundo tempo e foi o líder em desarmes.

Camacho: 7,0 – Atuando como segundo volante, teve mais liberdade para participar das ações ofensivas. Fez um golaço. O melhor em campo.

Rodriguinho: 6,0 – Não teve noite brilhante, mas não se omitiu em campo.

Marquinhos Gabriel: 4,5 – Errou tudo o que tentou. Mais uma atuação apática do meia.

Marlone: (sem nota) – Sem tempo para mostrar serviço.

Lucca: 5,0 – Não aproveitou a chance como titular. Pouco participativo. Levou cartão amarelo no primeiro tempo após discussão com Marquinhos.

(Gustavo) – sem tempo para mostrar serviço

Técnico: Oswaldo de Oliveira 5,0 – Demorou a mexer no time. Corinthians continua devendo bom futebol.



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)