Especial Finais inesquecíveis: Niki Lauda e James Hunt

Niki Lauda, já com o rosto castigado pelo acidente, ao lado de James Hunt

A temporada da Formula 1 está chegando ao fim, a Final está entre Nico Rosberg e Lewiz Hamilton, porém será decidida apenas domingo. Enquanto o grande dia não chega, vamos relembrar algumas finais inesquecíveis?A final da vez é a da temporada de 1976,disputada entre dois gênios de personalidades muito diferentes Niki Lauda e James Hunt

Mais do que simplesmente uma simples competição nas pistas, a rivalidade dos dois foi além disso. James Hunt, contrariando um padrão de um inglês, criou em cima de sua imagem  um personagem irreverente, despreocupado e até promiscuo, que vomitava antes das corridas para entrar nas pistas livre do feito das bebidas e drogas que consumia,havia chegado naquele ano a escuderia MCLaren, enquanto Lauda era um austríaco preciso, metódico, pontual e correto, teve de comprar sua vaga na BRM em 1973 e mostrar seu talento para conseguir o contrato com a Ferrari.

No início daquela temporada Niki buscava o bi campeonato pela escuderia Ferrari e começou com uma ótimo campanha vencendo 5 das primeiras 9 corridas, enquanto Hunt venceu apenas duas e foi desclassificado da nona corrida da temporada por ter cometido um ato que não era permitido pela organização da prova.

A décima corrida aconteceu na Alemanha Ocidental, em  Nurburgring , e é importante ressaltar que  Lauda estava com  52 pontos naquele momento e James 28, a pista era extensa e o asfalto estava molhado, o que formava uma condição perigosa para o andamento da corrida. o GP era conhecido por ser extremamente perigoso, uma contagem realizada pela Autosport declarou que em 49 anos de prova, 131 pessoas já haviam falecido lá por diversas causas.

A previsão de chuva e a insegurança de ver os acidentes ocorridos fez com que Lauda, reunisse os pilotos para propor um boicote a prova, porém, a proposta foi recusada e a corrida aconteceu.

Por causa da previsão de chuva e da pista molhada, a maioria dos pilotos deram inicio a corrida com seus pneus de chuva, porém, uma mudança no tempo os fez ir para os boxes para trocar os pneus, Lauda, tomou essa decisão. Ao voltar para a pista, tentando retomar ao topo da corrida ele tocou a zebra interna em uma das curvas e perdeu o controle de seu carro que rodou, bateu no muro e ficou em chamas.

Outros pilotos que colidiram com a Ferrari, desceram para ajudar Niki Lauda, mas ele foi violentamente queimado, levado para a hospital entre a vida e a morte, naquele dia, ninguém sabia qual seria o destino do austríaco.

Hunt, venceu a corrida.

Imagens da corrida e do acidente de Niki Lauda 

O piloto sobreviveu, mas a temporada parecia acabada para ele, que sofreu queimaduras terríveis em seu rosto que até hoje podem ser vistas pela deformação em suas orelhas e a falta de sua sobrancelha.

A sorte mudou para Hunt nas próximas duas corridas, onde ele venceu uma e chegou em quarto na outra, mas, seu ríval e líder do mundial não correu, portanto não pontuou, isso fez com que o inglês se aproximasse muito na classificação, e poderia ultrapassar Lauda caso ele ficasse mais uma corrida fora do campeonato.

Mas, o inesperado, ou melhor, quase impossível, aconteceu, Niki Lauda, voltou para as pistas na terceira corrida após seu acidente quase fatal, apesar da enorme dificuldade devido a queimaduras na região dos olhos, e a necessidade de uma proteção no rosto e um capacete especial lá estava ele, um guerreiro de volta a sua batalha, e voltou para se firmar na disputa pelo título da temporada.

Hunt venceu aquela corrida, e também a penúltima corrida do ano, enquanto Lauda chegou em quarto lugar na sua volta, em oitavo na corrida seguinte  e em terceiro na penúltima corrida.

Na última corrida, o tempo ruim assombrava a pista e na segunda volta, Niki Lauda abandonou a prova, alegando mais tarde que sua vida valia mais do que um título, com seu rival fora de combate, Hunt chegou em terceiro lugar e mesmo assim foi campeão daquele ano ao somar 69 pontos contra os 68 do adversário.

Quer saber mais sobre a temporada? Este ano foi tão inesquecível para a Fórmula 1 que virou filme, Rush-No Limite da Emoção, retrata muito bem como era a relação entre os dois e como foi o ano, a competição, o acidente, a disputa ponto a ponto depois dele, até que Hunt por fim levou o título da temporada pela diferença de um ponto.

E para você? Qual a sua final histórica?

Deixe nos comentários