Em pesquisa, Colorado Rapids não conquista a MLS

Em uma transmissão ao vivo pelo Facebook, a MLS comenta os jogos das finais de conferência.

Durante uma transmissão, pré-jogo da MLS, com os comentaristas Russ Thaler e Andrew Wiebe comentaram os jogos das finais de conferencia (leste e Oeste) junto com o convidado e zagueiro do New York City FC, RJ Allen.

Falaram bastante sobre os pontos fortes e fracos de cada time destacando as ações dos principais jogadores, Jermaine Jones pelo Colorado Rapids, Nicolás Lodero (e-Botafogo e Corinthians) pelo Seattle Sounders, Ignácio Piatti (ex-San Lorenzo) pelo Montreal Impact e Sebastian Giovinco (ex-Juventus e atacante da seleção italiana).

Em uma enquete realizada ao vivo com a audiência da transmissão, a equipe do Colorado Rapids não foi votada como uma das equipes que podem levar o título da MLS Cup.

Para o comentarista Andrew Wiebe o favorito é a equipe do Seattle Sounders, para o zagueiro RJ Allen o favorito a levar o título é a equipe de Toronto. Russ Thaler não deu a sua opinião.

A transmissão foi realizada pouco antes do primeiro jogo das finais da conferência leste, onde jogam Montreal vs. Toronto. Montreal entra em campo confiando que a estrela de Ignácio Piatti vai brilhar novamente, junto com o italiano Mancosu e o ganense Drogba. E é claro, sem deixar de pensar na defesa, pois Sebastian Giovinco, só nas últimas duas partidas, marcou 5 gols e infernizou a defesa dos nova-iorquinos do City. Olhando a campanha de ambos observamos uma leve vantagem para o Toronto e é por isso que o Montreal quer muito fazer um bom resultado em sua casa lotada.

“Estou convencido de que Montreal pode encher o estádio, disse o capitão Patrice Bernier, em entrevista divulgada no site da MLS no inicio da semana. As pessoas veem que cada jogo é uma situação de morte súbita. Há pouco mais de 30.000 bilhetes vendidos, mas ainda há espaço. Devemos encher o estádio. Isso é bom, mas é muito melhor quando ele vibra com 60 000 pessoas. O 12º jogador terá que desempenhar o seu papel, e será necessário para Montrealenses”