Cristian critica falta de chance no Timão após lesões: “Para mim sempre foi mais complicado”

Crédito da Foto: Daniel Augusto Jr. / Ag. Corinthians

Com o afastamento de Willians, Cristian voltou a ser titular no Corinthians após um mês no banco e teve boa participação na vitória por 1 a 0 sobre o Inter. Feliz com o retorno, o volante, que mal conseguiu engatar uma sequência de jogos na temporada devido a problemas físicos, pode terminar a temporada atuando e tendo a chance de mostrar que pode ser útil em 2017.

LEIA MAIS
CORINTHIANS X INTER: ASSISTA AO PÊNALTI DE ERNANDO EM ROMERO
VAGA NA LIBERTADORES E PLANEJAMENTO PARA 2017 SÃO OS DRAMAS DE OSWALDO NO CORINTHIANS
CONHEÇA OS FINALISTAS DO PRÊMIO TORCEDORES.COM DE MÍDIA ESPORTIVA 2016
PRÊMIO TORCEDORES.COM TERÁ A SUA 2ª EDIÇÃO EM 2016 – E COM NOVIDADES!

Feliz com a oportunidade, Cristian celebrou o retorno e aproveitou também para lembrar que se sente “injustiçado” pelos “critérios diferentes” utilizados pelos comandantes que passarão pelo Timão.

— Para algumas pessoas no Corinthians, os critérios são diferentes. Para mim sempre foi mais complicado. Aqui, temos alguns critérios de algumas pessoas que às vezes não conseguimos entender. Fico chateado. Eu me machuquei, quando voltei não tive sequência, mas em nenhum momento fui à imprensa reclamar ou fiquei de cara feia. Continuei trabalhando, como sempre faço. Sabia que uma hora a oportunidade ia surgir – declarou o volante, que não entrava em campo desde 12 de outubro, na vitória sobre o Santa Cruz por 4 a 2.

Cristian começou a temporada com o aval de Tite para negociar sua saída para outro clube. No entanto, seguiu trabalhando para retomar a condição de opção e ganhou a chance do então treinador no início do Brasileirão. Após lesões que o tiraram de combate, o volante assumiu a vaga de titular com a saída de Bruno Henrique com o técnico Cristóvão Borges, mas um novo problema físico.

Para os jogos frente Atlético-PR e Cruzeiro, em que o Timão precisa de duas vitórias simples para entrar no G-6, o volante se coloca à disposição e afirma que tem condições de seguir como titular.

— Estou preparado sempre, no Corinthians você tem de estar sempre treinando e se dedicando. Uma hora ou outra, a oportunidade surge. Ela não bate na porta, avisando que vai chegar. Você tem de estar preparado para tudo. Faz muito tempo que não jogo, mas a oportunidade surgiu no domingo. Pude ajudar de alguma maneira. É importante, pela situação que o clube está passando – afirmou.

 



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.