Conheça defensor que é pé frio diante dos times brasileiros

Foto: Reprodução/Conmebol

Ontem(23) a Chapecoense se classificou para a final da Copa Sul-Americana após empatar em 0 a 0 com o San Lorenzo na Arena Condá. O time se classificou devido ao empate fora de casa por 1 a 1, e as defesas do goleiro Danilo no jogo da volta.

LEIA MAIS: CHAPECOENSE EMPATA COM SAN LORENZO E VAI A FINAL DA SUL AMERICANA
LEIA MAIS: CHAPECOENSE 0 X 0 SAN LORENZO: ASSISTA AOS MELHORES MOMENTOS
LEIA MAIS: GOLEIRO SALVA CHAPECOENSE E TIME VAI À FINAL DA SUL-AMERICANA; VEJA O QUE OS JOGADORES FALARAM

Mas um destaque é o defensor Corujo, que é multi-versátil. Corujo jogou ontem o primeiro tempo. E saiu no intervalo para a entrada de Blandi.

O lateral-direito Mathías Corujo é uruguaio e tem 30 anos. Com passagens por Wanders (URU), Peñarol (URU),Cerro Porteño (PAR), Universidad de Chile e agora pelo San Lorenzo (ARG), ele acumula 225 jogos e 25 gols marcados. O jogador tem 5 títulos, dois pelo Cerro Porteño e três pela Universidad de Chile. Além de 20 jogos pela Celeste e 1 gol marcado. Mas nenhum deles sobre os brasileiros.

Corujo que jogou ontem diante da Chapecoense pelas semifinais da Sul-Americana, onde saiu eliminado. Também disputou à final da Copa Libertadores contra o Santos, onde o Peixe se sagrou Tri-Campeão da competição continental. Corujo, na ocasião jogou no meio-campo e foi um dos responsáveis por marcar o craque, Neymar Jr. Nesse caso, ele jogava pelo Peñarol e o time após um empate sem gols no Uruguai por 0 a 0, saiu derrotado do Pacaembu por 2 a 1, com gols de Neymar Jr, Danilo e Durval (contra).

Como torcedores, esperamos que Corujo enfrente os times brasileiros mais vezes, como aconteceu com Chapecoense e Santos. Seu contrato com o San Lorenzo termina em junho de 2019.



Jornalista em formação pela FAPCOM. Setorista da Chapecoense no Torcedores.com. Fã de automobilismo