“Com reforços, é um time que vai fazer um bom 2017”, diz Ricardo Gomes

Sao Paulo
Rubens Chiri/saopaulofc.net

Ricardo Gomes deixou a Arena Condá de cabeça inchada após a derrota do São Paulo por 2 a 0 para a Chapecoense e usou do artifício dos “reforços” para 2017 para deixar o revés de lado e “garantir” ao são-paulo, que estão sofrendo com a seca de títulos nos últimos anos, que a próxima temporada terá reforços pontuais para ajustar e buscar os trunfos. 

LEIA MAIS:
CONHEÇA OS FINALISTAS DO PRÊMIO TORCEDORES.COM DE MÍDIA ESPORTIVA 2016
PRÊMIO TORCEDORES.COM TERÁ A SUA 2ª EDIÇÃO EM 2016 – E COM NOVIDADES!
DENIS ACERTA DEZ PÊNALTIS SEGUIDOS EM TREINO DO SÃO PAULO; ASSISTA
5 MOTIVOS PARA CALLERI DESISTIR DO WEST HAM E BRIGAR PARA VOLTAR AO SÃO PAULO

— Não de muitas peças, precisa de algumas peças. Mas só isso. Com reforços, é um time que vai fazer um bom 2017. Isso (planejamento de 2017) independe de ficar ou não. Falamos bastante. Há planejamento de curto, médio e longo prazo, independentemente da situação – disse.

Em rápida análise da derrota para o Verdão do Oeste, o treinador, que foi garantido pelo presidente Leco para a próxima temporada, destaca que a infelicidade dos homens de frente custou caro quando a equipe catarinense encaixou suas jogadas.

— Antes e depois. Começamos muito bem. Tivemos duas oportunidades e não convertemos. Tomamos os dois gols. No segundo tempo a mesma coisa. A história se repetiu. Esse foi o jogo. Depois do primeiro gol, a Chapecoense conseguiu um domínio. Tudo bem. Mas tivemos duas oportunidades antes do primeiro gol. A partir daí, o time se perdeu um pouco. No segundo tempo reencontramos a organização com bom toque de bola. Criamos, criamos, mas não convertemos. Essa foi a história do jogo. É preocupante. O principal é o gol. Não adianta ter uma boa posse, sem converter esse volume de jogo em gols – afirmou.

Com a pausa do calendário para as finais da Copa do Brasil, o São Paulo volta a treinar na terça-feira (22) visando o duelo contra o Atlético-MG, no próximo domingo (27), às 17h, no estádio Independência, em jogo pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro.

 



Jornalista com passagens pelo Portal R7, Jornal do Trem, Impacto Comunicação, Dialoog Comunicação e Comunicale.