Com Fidel Castro no poder, Cuba foi ‘Top 10’ e teve boicote em Jogos Olímpicos

Getty Images

O ditador cubano Fidel Castro, morreu, nesta madrugada de sexta (25) para sábado, de causas não reveladas. Ele tinha 90 anos. Em mais de 50 anos de poder em Cuba, Fidel soube se utilizar muito bem do esporte como instrumento de sustentação para o seu governo socialista. De 1959 a 2008(quando Fidel deixou o poder para o seu irmão, Raul) Cuba participou de onze edições de Jogos Olímpicos com 200 medalhas no total. Sem esquecer de dois boicotes aos Jogos em 1984 e 1988.

Some-se neste período do governo de Fidel, o forte apoio financeiro e técnico da extinta União Soviética ao regime cubano, o que ajudou a impulsionar Cuba no quadro de  medalhas.

LEIA MAIS:  PRÊMIO TORCEDORES.COM TERÁ A SUA 2ª EDIÇÃO EM 2016 – E COM NOVIDADES!

PRÊMIO TORCEDORES: MAURO BETING, LEANDRO BEGUOCI E FÁBIO SALGUEIRO SERÃO JURADOS

Veja o desempenho de Cuba em Jogos Olímpicos, durante o governo Fidel Castro (1959-2008) e por número de medalhas de ouro

1960 – Roma

Cuba não conquistou medalhas

1964 – Tóquio

30º lugar (quatro medalhas de prata)

1968 – Cidade do México

31º lugar (quatro medalhas de prata)

1972 – Munique

14º lugar (3 ouros, 1 prata, 3 bronzes)

1976 – Montreal

8º lugar(6 ouros, 3 pratas, 3 bronzes)

1980 – Moscou

4º lugar (8 ouros, 16 pratas, 17 bronzes)

1984 – Los Angeles

Cuba não participou dos Jogos, em resposta ao boicote norte – americano, em Moscou, por conta da Guerra do Afeganistão.

1988 – Seul

Não participou por opção do Comitê Olímpico Cubano.

1992 – Barcelona

5º lugar (14 ouros, 6 pratas, 11 bronzes)

1996 – Atlanta

8º lugar (9 ouros, 8 pratas, 8 bronzes)

2000 – Sydney

9º lugar (11 ouros, 11 pratas e 7 bronzes)

2004 – Atenas

13ª lugar (8 ouros,7 pratas e 11 bronzes)

2008 – Pequim

15ª lugar (2 ouros, 10 pratas e 12 bronzes)