Chefão da Fórmula 1 quer mudança em duração das corridas

Foto: Beto Issa/GP do Brasil

A Fórmula 1 pode sofrer mudanças nos próximos anos. Este é o plano do chefão da categoria, Bernie Ecclestone, que afirmou em entrevista ao jornal Sunday Times que tem como ideia mudar a duração das corridas, acabando com o histórico formato de uma única corrida no domingo.

LEIA MAIS

PRÊMIO TORCEDORES.COM TERÁ A SUA 2ª EDIÇÃO EM 2016 – E COM NOVIDADES!

Para o inglês, os GPs deveriam mudar seu formato para duas corridas de 40 minutos, justificando que a mudança pode servir para atrair mais público para a categoria, além de permitir que as televisões que a transmitem possam entrevistar os pilotos entre as duas provas.

“As pessoas precisam de um tempo de atenção menor e vários esportes estão tentando introduzir formas mais curtas para seus jogos. Precisamos olhar para o conceito de uma corrida longa. Duas corridas de 40 minutos com um intervalo de outros 40 minutos no meio, com os pilotos podendo ser entrevistados é uma alternativa boa e atraente para as TVs, as empresas e os patrocinadores”, comentou Ecclestone.

O chefão da F1 justificou que as mudanças deveriam ocorrer para adaptar a principal categoria automobilística do mundos aos ‘novos tempos’, no qual acredita que nem todos os fãs conseguem se manter atentos no atual formato dos Grandes Prêmios.

“Não sei se teríamos coragem de mudar, mas os tempos mudam e é algo que precisamos olhar. Todos os esportes nos Estados Unidos tem um tempo livre pois o público não consegue se concentrar o tempo todo por lá. E as pessoas são iguais em qualquer lugar”, disse.

O formato de corridas duplas é usado na GP2 e GP3, as duas principais categorias de acesso à Fórmula 1, além da Stock Car, Fórmula Indy e outras categorias mundo afora. No formato, o grid de largada da primeira corrida é decidido em um treino conforme o formato atual. Para a segunda corrida, invertem-se as posições da corrida anterior.

(Crédito da foto: Beto Issa/GP do Brasil)