Guarani decide não renovar com técnico Chamusca

Reprodução/Facebook Marcelo Chamusca

Mesmo após ter conseguido o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro, grande objetivo do Guarani no segundo semestre deste ano, o clube decidiu não renovar contrato com o técnico Marcelo Chamusca. A decisão foi tomada em reunião realizada nesta segunda-feira (21) pela diretoria da equipe de Campinas e o presidente Horley Senna, que comunicou a saída por meio do site oficial.

LEIA MAIS:
JORNALISTA DIZ QUE FLAMENGO NÃO TEM TIME NEM PARA SER VICE: “NÃO É TUDO ISSO”

Chamusca esteve à frente do Guarani em 24 oportunidades, nas quais conquistou 13 vitórias, 6 empate e 5 derrotas, aproveitamento de 62,5%, além de ter conquistado o acesso à segunda divisão do Campeonato Brasileiro e também ter sido vice-campeão da Série C depois de derrota para o BOA Esporte na decisão.

– Agradeço pelo carinho de todos, desde a diretoria, comissão técnica, jogadores, funcionários e principalmente os torcedores. Tenho orgulho de ter participado deste projeto vitorioso que proporcionou momentos históricos e inesquecíveis, resgatando o orgulho do torcedor bugrino, que voltou a abraçar o time. Sem dúvida, essa foi a maior vitória. – comentou Chamusca sobre a saída amigável. O Guarani desejou “boa sorte” em comunicado no site oficial e agradeceu pelos serviços prestados.

Além do comandante, outros dois integrantes da comissão técnica deixaram o Guarani, o preparador físico Roger Gouveia e o auxiliar técnico, Caé Cunha. Agora, o clube trabalha nos bastidores para contratar um novo treinador para disputar o Campeonato Paulista da Série A-2, no início do ano que vem.

Saiba o que vai rolar de esportes AO VIVO na sua TV nesta semana: