Brasileirão: quem são os times que já não brigam por nada na tabela

Brasileirão
Reprodução/ CBF

A 35ª rodada do Brasileirão termina nesta quinta-feira (17). Porém, faltando apenas 3 rodadas para o fim do campeonato, já podemos saber quais os times que não brigam por mais nada.

LEIA MAIS:
Brasileirão: quem são os “intrometidos” que podem bagunçar a briga pelo título

PRÊMIO TORCEDORES.COM DE JORNALISMO COLABORATIVO
Prêmio Torcedores.com terá sua 2ª edição em 2016
Conheça os finalistas do prêmio Torcedores.com de mídia esportiva 2016

Sempre que chegamos na reta final do Campeonato Brasileiro, já temos definidos alguns “times de meio de tabela”. Ou seja, aqueles que não brigam nem por G4 (que esse ano virou G6) e nem pra escapar do fantasma do rebaixamento.

No Campeonato Brasileiro de 2016, a história não é diferente. No momento, temos 6 times nessa situação, contando com os 2 já rebaixados Santa Cruz e América-MG.

Além deles, temos também Cruzeiro, Coritiba, Ponte Preta e São Paulo. Os dois últimos ainda jogam nessa 35ª rodada, ambos contra times gaúchos. A Ponte vai à Porto Alegre enfrentar o Internacional e o São Paulo recebe o Grêmio no Morumbi.

Dos 4, o Cruzeiro é quem tem a maior, ou melhor dizendo, “menos pior” chance de conseguir algo. Com 47 pontos e mais 9 em jogo, a Raposa pode chegar no máximo aos 56. A fim de comparação, o Atlético-PR, 6º colocado, tem no momento 52 pontos.

Ponte Preta, São Paulo e Coritiba estão com 45 pontos cada. Enquanto os dois primeiros ainda jogam hoje e com isso possuem 12 pontos em disputa, com chances de chegar a 57, o Coritiba só consegue chegar aos 54. As chances de brigar por alguma coisa ainda este ano são quase nulas.

Já Santa Cruz e América-MG estão numa situação mais triste. Matematicamente rebaixados ontem (16), os times agora focam seus pensamentos na próxima temporada. Quem está quase se juntando a eles é o Figueirense; o Alvinegro de Santa Catarina precisa ganhar suas próximas 3 partidas e “secar” Internacional e Vitória, rivais diretos na briga pelo rebaixamento.

As próximas rodadas vão nos confirmar quem serão os “figurantes” do Brasileirão de 2016. Até lá, nos resta acompanhar o desfecho dessa edição que foi uma das mais disputadas da história dos pontos corridos.



Estudante de Jornalismo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.