Brasileirão: quem são os “intrometidos” que podem bagunçar a briga pelo título

Brasileirão
Reprodução/ CBF

Com o Brasileirão chegando ao fim, a disputa pelo título vai tomando proporções fatais. Sem jogos suficientes para reverter algum tropeço, os times da ponta da tabela precisam prestar atenção em alguns times “intrometidos” que chegam para complicar ainda mais a disputa lá em cima.

LEIA MAIS:
Brasileirão: quem são os times que já não brigam por nada na tabela

PRÊMIO TORCEDORES.COM DE JORNALISMO COLABORATIVO
Prêmio Torcedores.com terá sua 2ª edição em 2016
Conheça os finalistas do prêmio Torcedores.com de mídia esportiva 2016

Dos 4 times postulantes ao título do Brasileirão, apenas 1 jogou nessa quarta-feira (16). Foi o Flamengo, que foi à Belo Horizonte e derrotou o América-MG. Tarefa fácil tendo em vista que o Coelho já estava praticamente rebaixado antes da partida, certo? Errado.

No primeiro turno, o América-MG complicou a situação do Santos ao surpreender o Alvinegro com um 1×0 no Independência. Na ocasião, o Santos perdeu a chance de retomar a liderança do Campeonato.

Isso nos mostra que não existe jogo fácil, e a reta final intensifica ainda mais essa expressão tão popularizada na língua dos jogadores. A partir daqui, vamos analisar os próximos jogos dos 4 times que ainda estão na briga pelo título do Brasileirão.

Palmeiras: O Palmeiras tem pela frente Atlético-MG (F), Botafogo (C), Chapecoense (C) e Vitória (F). Porém, quando falamos de pontuação, o Alviverde está na situação mais fácil: mais duas vitórias garantem o título do Palmeiras em 2016. Mesmo assim, é uma tabela complicada. A começar pelo confronto direto com o Atlético-MG. Depois disso, são dois jogos em casa, porém contra dois times que estão brigando por G6. E, por último, jogo fora contra um time que briga desesperadamente para escapar do rebaixamento. Atenção redobrada na reta final!

Flamengo: O atual segundo colocado (depois da vitória de ontem (16) por 1×0 sobre o América-MG) tem mais 3 oponentes pela frente: Coritiba (C), Santos (C) e Atlético-PR (F). Desses 3, o Coritiba parece ser o mais inofensivo, já que não briga por mais nada no campeonato. Porém, a situação complica com os outros 2: o Santos vem embalado, ainda mais para um confronto direto, e o Atlético-PR possui um histórico invejável na Arena da Baixada em 2016: apenas 1 derrota em 17 jogos.

Santos: O Alvinegro praiano tem pela frente o Vitória (C), Cruzeiro (F), Flamengo (F) e América-MG (C). É a tabela mais fácil, se comparada com a dos seus oponentes. Apenas Vitória e Flamengo possuem algum objetivo no campeonato; Cruzeiro não alcança mais nada e América já está rebaixado. Porém, isso não significa que o Santos pode aliviar na reta final. Qualquer tropeço agora é fatal.

Atlético-MG: O Atlético-MG depende muito do resultado do jogo de hoje (17) contra o líder Palmeiras para se garantir na briga pelo título. A 10 pontos do líder, as chances são pequenas, mas ainda existem. Além do Palmeiras, em casa, o Galo tem pela frente Santa Cruz (F), São Paulo (C) e Chapecoense (F). O Galo precisa, além dos seus resultados, secar muito os seus concorrentes na busca pelo título.



Estudante de Jornalismo da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia.