Blog: Saída de paranaenses não muda cotas da Primeira Liga

Fluminense x Criciúma
Divulgação/Site Oficial da Primeira Liga

As saídas de Coritiba e Atlético-PR da Primeira Liga, motivadas pela divisão das cotas de televisão do torneio, não devem mexer na distribuição do dinheiro que a Rede Globo dará aos clubes participantes da competição. A informação é do jornalista Rodrigo Mattos, em seu blog no Uol Esporte.

De acordo com o blog, a organização deve assinar um acordo por três anos com a emissora carioca que renderá R$ 70 milhões. A decisão sobre a divisão do dinheiro da TV deve se manter conforme o atual panorama, mas ainda dependerá de votação da entidade.

LEIA MAIS

PRÊMIO TORCEDORES.COM TERÁ A SUA 2ª EDIÇÃO EM 2016 – E COM NOVIDADES!

ELEITO, PEDRO ABAD JÁ TEM POSSÍVEL NOVO TÉCNICO DO FLUMINENSE

NO MELHOR ANO DE SUA HISTÓRIA, CHAPECOENSE ENCARA PALMEIRAS TENTANDO ESTRAGAR A FESTA NO ALLIANZ PARQUE

Na atual disposição, o Flamengo será o time que terá a maior cota da TV na Primeira Liga, seguido de Fluminense, Cruzeiro, Atlético-MG, Internacional e Grêmio e depois por todos os outros clubes. O modelo revoltou as direções de Coritiba e Atlético-PR, que queriam uma distribuição do dinheiro de forma mais nivelada entre os clubes, e causou a saída de ambos.

A assinatura ainda depende de conversas sobre o calendário da competição, que sofreu alterações devido ao calendário da CBF para 2017. As fases finais só devem acontecer no segundo semestre e a direção da Liga pretende conversar com a Globo sobre a tabela.

A Primeira Liga 2017 tem previsão para se iniciar em 22 de janeiro de 2017, contando com 15 clubes participantes divididos em três grupos com cinco equipes cada.

(Crédito da foto: Divulgação/Site Oficial da Primeira Liga)