Atlético-MG x Grêmio: o penúltimo passo tricolor rumo ao fim do jejum de títulos

Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Após três semanas de expectativa, enfim, chegou a hora de o Grêmio começar a decidir a Copa do Brasil e dar o seu penúltimo passo rumo ao fim do jejum de 15 anos sem títulos nacionais. Na noite desta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília), o Tricolor faz o jogo de ida da decisão contra o Atlético-MG, no Mineirão, com mais de 45 mil torcedores. A volta está marcada para a próxima quarta-feira (30), na Arena do Grêmio, já com ingressos esgotados.

LEIA MAIS:
Saiba quais jogadores do elenco do Grêmio já ganharam a Copa do Brasil 
Torcida do Grêmio esgota ingressos para final da Copa do Brasil 
E se tiver pênaltis? Veja quem pode ser decisivo na final da Copa do Brasil 

Como disputou a Copa Libertadores no primeiro semestre, o Grêmio teve o direito de entrar na Copa do Brasil a partir das oitavas de final. A primeira batalha foi árdua, talvez a pior da competição. Após ter vencido o Atlético-PR (1 a 0), na Arena da Baixada, a equipe foi surpreendida pelo adversário com o mesmo placar, em Porto Alegre. Na disputa por pênaltis, mais drama, mas o “Santo” Marcelo Grohe apareceu com três grandes defesas e botou o time na fase seguinte, após Walace, Luan, Douglas e Kannemann desperdiçarem suas cobranças.

A batalha seguinte foi menos árdua: o Palmeiras, que na época dividia as atenções com a disputa do título do Brasileirão. No jogo de ida, o Tricolor chegou a abrir 2 a 0, porém, tomou um gol do rival no segundo tempo, tirando um pouco o brilho da atuação. Na partida de volta, no Allianz Parque, o alviverde lutou com todas as suas forças para seguir adiante. Fez 1 a 0, resultado que lhe garantiria a classificação, mas acabou brilhando a estrela do guri Everton, que na reta final do segundo tempo, deixou tudo igual e levou a vaga para Porto Alegre.

Na semifinal, o Grêmio teve tarefa mais tranquila do que se supunha. Com a autoridade de quem quer ser campeão, encaminhou a vaga na decisão com vitória por 2 a 0 sobre o Cruzeiro, no Mineirão. Na volta, o empate sem gols foi o suficiente para levá-lo à sétima decisão de Copa do Brasil.

Agora, o oponente é o forte Atlético-MG, que luta pelo bicampeonato da competição.

Para a partida desta noite, o técnico Renato Gaúcho deve contar com o que tem de melhor, incluindo o zagueiro Geromel, que não trabalhou com os companheiros no último treinamento após ter recebido uma pancada no dia anterior. De acordo com a assessoria de imprensa, o beque foi apenas preservado e está relacionado para a primeira decisão. Se houver algum contratempo com Geromel, Rafael Tyhere e Fred brigam pela vaga.

A equipe deve entrar em campo no 4-2-3-1 com: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro, Douglas e Pedro Rocha; Luan.

FICHA TÉCNICA: ATLÉTICO-MG X GRÊMIO

Data: 23 de novembro de 2016 (quarta-feira)

Horário: 21h45 (horário de Brasília)

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Pericles Bassols Cortez (PE-FIFA)

Auxiliares: Rodrigo Henrique Correa (RJ-FIFA) e Nadine Camara Bastos (SC-FIFA)

Transmissão de TV: Globo (menos SC), SporTV, Fox Sports e ESPN Brasil

ATLÉTICO-MG: Victor; Carlos César, Erazo, Gabriel e Fábio Santos; Leandro Donizete, Júnior Urso e Maicosuel; Clayton (Cazares), Robinho e Lucas Pratto. Técnico: Marcelo Oliveira

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro, Douglas e Pedro Rocha; Luan. Técnico: Renato Gaúcho

 



Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)