Alecsandro conta como soube que poderia voltar a jogar pelo Palmeiras

Palmeiras
Crédito da foto: Divulgação/ César Greco/ Palmeiras

O atacante do Palmeiras Alecsandro é destaque na edição atual da Placar. Em entrevista à revista, o jogador falou sobre como recebeu a notícia de que poderia voltar a jogar pela equipe paulista. Foi uma ligação do advogado que mudou o seu destino no futebol.

PRÊMIO TORCEDORES.COM DE JORNALISMO COLABORATIVO
Prêmio Torcedores.com terá sua 2ª edição em 2016
Conheça os finalistas do prêmio Torcedores.com de mídia esportiva 2016

“Eu estava vendo um filme em casa, pronto para ir correr na academia, como eu fazia sempre nesse período parado. Quando eu decidi que não iria sair de casa e ia ficar assistindo ao filme, meu advogado me ligou perguntando se eu estava sentado. Eu disse: ‘Olha, para você ter uma ideia, estou deitado’. Então ele me perguntou se tinha um champanhe para comemorar, pois a Wada havia mandado a notificação e dentro de dois ou três eu já poderia voltar a jogar”, contou.

Para Alecgol, a sensação foi de um gol aos 45 minutos do segundo tempo. O atleta ainda falou que não teve nem para quem contar, e apenas comemorou o momento: “Quando cheguei em casa de volta, meu filho já havia ficado sabendo pela internet e minha esposa, pelo meu advogado”.

Alecsandro foi punido após ser ‘flagrado’ em um exame antidoping. Depois de uma partida contra o Corinthians, em abril, foi encontrado o agente anabolizante Andarine em seu organismo. O jogador foi suspenso por dois anos, mas conseguiu provar sua inocência na Agência Mundial Antidoping (Wada). Na realidade, a substância presente no corpo do atleta era resultado de uma interação metabólica da flutamida, que estava na loção que o atacante usou contra a calvície.

Agora feliz e com 35 anos, o camisa 29 do Palmeiras ainda não pensa em se aposentar. “Pelo que eu entendo do meu corpo, atuando em alto nível, hoje eu te diria que jogo ainda entre dois e quatro anos em grandes clubes do Brasil”.



Paulistano, estudante de jornalismo, 19. Foi estagiário do Torcedores.com.