7 jogadores que perderam espaço com Tite na seleção brasileira

Foto: Divulgação/Valencia CF

A chegada de Tite ao comando da seleção brasileira não trouxe apenas os bons resultados, mas, também, um novo ânimo para os torcedores. No entanto, não se pode dizer que está todo mundo feliz com o treinador, já que, para alguns jogadores que vinham sendo convocados por Dunga, a vinda de Tite serviu para diminuir ou tirar o espaço na seleção principal. O Torcedores.com listou sete jogadores que perderam espaço com o novo técnico. Confira.

LEIA MAIS:
OPINIÃO: Tite e “Neo-Seleção” Brasileira
Galvão Bueno rasga elogios a Jesus: “Artilheiro do Brasil”

Diego Alves (Valencia-ESP)

O goleiro do Valencia, da Espanha, foi para a Copa América Centenário e chegou a ser convocado por Dunga nas Eliminatórias, porém, ainda não foi lembrado por Tite. A ausência do goleiro de 31 anos tem sido uma das poucas críticas nas convocações do novo técnico, uma vez que, o ex-goleiro do Atlético-MG vive boa fase na Espanha e, recentemente, quebrou um recorde de mais pênaltis defendidos na história do Campeonato Espanhol.

Marcelo Grohe (Grêmio)

Ainda no gol, outro nome que perdeu espaço foi o de Marcelo Grohe. As mudanças provocadas por Tite e a consolidação de Alisson, Alex Muralha e Weverton como os três goleiros da seleção, fizeram com que Marcelo Grohe, indiscutível nas convocações de Dunga, ficasse fora do time de Tite. O goleiro do Grêmio chegou a fazer parte da primeira convocação do novo técnico, no entanto, o mau momento do Grêmio no campeonato brasileiro e a lesão do goleiro impediram novas convocações.

Fabinho (Monaco-FRA)

Presente na Copa América Centenário, o lateral-direito Fabinho, do Monaco, não vem sendo lembrado por Tite, que não o convocou em nenhuma das três listas até aqui. O motivo do esquecimento, apesar da regularidade de Fabinho na França, se deve a Fágner, nome de confiança de Tite, que, provavelmente, continuará presente nas convocações do treinador. Ainda sobre Fabinho, o jogador de 23 anos tem sete gols em 19 jogos nesta temporada.

Danilo (Real Madrid-ESP)

Outra vítima de Fágner na seleção de Tite é Danilo, do Real Madrid. Não só pela preferência pelo corinthiano com quem trabalhou, Tite também deve estar analisando a situação de Danilo nesta temporada. Reserva de Carvajal, o atleta fez sete jogos na temporada, sendo que, em 10 foi relacionado, sem sequer entrar em campo.

Luiz Gustavo (Wolfsburg-ALE)

Foto: Rafael Ribeiro / CBF
Foto: Rafael Ribeiro / CBF

Se tem um jogador que não deve estar nada feliz com Tite, este é Luiz Gustavo. Presença constante com Mano Menezes, Felipão e Dunga, o jogador do Wolfsburg participou das principais competições entre 2011 e 2014 e acumulou 40 jogos com a amarelinha, no entanto, com a chegada de Tite, parece que seu ciclo na seleção vai chegando ao fim. O atleta de 29 anos ainda não foi lembrado pelo treinador.

Hulk (Shanghai SIPG-CHN)

Hulk é outro que perdeu espaço na seleção de Tite. Com 53 jogos e 12 gols pela seleção, o atleta participou de grandes torneios, como Copa do Mundo, Copa das Confederações, Copa América Centenário e Olimpíadas. Os motivos da ausência de Hulk na nova seleção podem ser explicados pela consolidação de nomes como Gabriel Jesus e Roberto Firmino no time de Tite, além do fato de ter ido para o futebol chinês em junho deste ano.

Ricardo Oliveira (Santos)

Aos 36 anos, Ricardo Oliveira chegou a ser a solução do ataque de Dunga em alguns momentos, mas, com a chegada de Tite e a renovação no ataque, ele acabou perdendo espaço, ficando fora das três listas do novo treinador.



Jornalista em Formação pelo Centro de Ensino de Juiz de Fora - CES/JF - PUC/MG. Fundador do Blog do Tigrão. Palmeirense e apaixonado pelo futebol europeu.