5 razões que deixam Palmeiras quase campeão, Santos distante e Flamengo fora

Palmeiras
Divulgação/CBF

Líder absoluto do Brasileirão com 74 pontos, o Palmeiras está a mais um de sagrar-se eneacampeão brasileiro. O Santos, único time que ainda disputa com o Verdão, possui 68 pontos. Já o Flamengo, em terceiro, deu adeus à luta do hepta com apenas 67 pontos. O Torcedores.com analisa a situação e explica cinco razões pelas quais o cenário do campeonato está desse jeito. Confira!

LEIA MAIS
Palmeiras tem 98,7% de chances de ser campeão
Veja TRÊS vezes que Dudu foi decisivo no Palmeiras
Dudu: de “humilhado” a “exaltado” no Palmeiras

ELENCO

O Palmeiras foi de longe o clube que mais contratou jogadores nos últimos dois anos. Se em 2015 construiu uma boa base e foi campeão da Copa do Brasil, em 2016 manteve-se forte, ajustou alguns pontos, trouxe Cuca e conseguiu permanecer em alta no cenário nacional. Apesar do desgaste das várias competições e muitos jogos, o numeroso e qualificado elenco alviverde fez a diferença em comparação a Santos e Flamengos, que possuem apenas bons times e algumas peças de reposição razoáveis.

REGULARIDADE

Justamente por conta do bom elenco, o Palmeiras conseguiu manter uma regularidade importante no campeonato. Enquanto Santos e Flamengo oscilaram bastante, o Verdão se manteve firme até em sequências desafiadoras, como nos confrontos contra São Paulo, Grêmio, Flamengo e Corinthians. No 1º turno, o time alviverde conseguiu nove pontos em 12 disputados; enquanto que no 2º turno conseguiu oito dos mesmos 12 em disputa. Ou seja, foi derrotado apenas uma vez, tendo conseguido cinco vitórias e dois empates em oito jogos.

CONFRONTOS DIRETOS

Quando analisamos os jogos de Palmeiras, Santos e Flamengo entre si, vemos uma certa vantagem para o Verdão. No 1º turno, vitória contra Flamengo e empate com o Santos. Já no 2º turno, empate com rubro-negro e derrota para o peixe, resultando em cinco pontos de 12 possíveis. O Santos, por sua vez, empatou com ambos no 1º turno e venceu o Verdão no segundo, também chegando a cinco pontos em nove.

Já o Mengão perdeu para o alviverde e empatou com o alvinegro no 1º turno e empatou com o time de Cuca no 2º turno, totalizando apenas dois pontos em nove. Flamengo e Santos vão se enfrentar na 37ª rodada, o que pode colocar o Santos como “vitorioso” nesse triangular com oito pontos de 12 ou até mesmo embolar tudo com cinco pontos para cada. Um empate também deixaria o Santos na frente, mas nada que justifique uma campanha melhor no geral.

PONTOS PERDIDOS CONTRA TIMES QUE LUTAM CONTRA O REBAIXAMENTO

Aqui é a chave de tudo. O Santos pode até se dar melhor em confrontos diretos se vencer o Flamengo, mas o Palmeiras “destrói” os concorrentes neste quesito. Levando em consideração jogos contra os clubes rebaixados e aqueles que ainda têm chances matemáticas de cair (América-MG, Santa Cruz, Figueirense, Internacional, Vitória, Sport, Coritiba e São Paulo), o Palmeiras conseguiu 40 pontos de 45 possíveis (ainda resta um contra o Vitória, na 38ª rodada). Já o Santos conseguiu apenas 25 pontos (ainda falta um contra o América-MG, na última rodada) e o Flamengo, 33 pontos (já jogou contra todos).

Vale destacar ainda que, no 2º turno, o Palmeiras ainda não perdeu pontos para essas equipes. Já o Santos foi o time que mais perdeu pontos, sendo derrotado em casa para o Figueirense e Internacional, além de fora novamente para o colorado, como também para o América-MG. O Flamengo também foi derrotado pelo Inter e Figueirense, por exemplo, o que prejudicou bastante sua campanha.

Allianz Parque

A torcida do Palmeiras LOTOU o Allianz Parque durante todo o campeonato. Não é a toa que o clube possui a maior média de público do Brasileirão, com 32.051 por jogo, assim como também é aquele com a maior renda até o momento, com mais de R$ 38 milhões arrecadados. Contra a Chapecoense, no provável jogo do título, o Verdão deverá ter novamente casa cheia, visto que os ingressos para o jogo já estão esgotados desde o fim da última semana.

Foto: Divulgação / CBF