3 pontos fracos do Atlético-MG que o Grêmio deve explorar na Copa do Brasil

Foto: Lucas Uebel/Grêmio/FBPA

Nesta quarta-feira, Atlético-MG x Grêmio se enfrentam pela primeira partida da final da Copa do Brasil, às 21h45, no estádio do Mineirão. O Torcedores.com separou 3 pontos fracos que a equipe gaúcha pode aproveitar para voltar ao Sul do país com um bom resultado.

LEIA MAIS:
EM ENTREVISTA, CICINHO REVELA SONDAGEM DE CLUBE BRASILEIRO E SONHO DE VOLTAR AO SÃO PAULO
PRESIDENTE DA TOPPER ADMITE INTERESSE EM VOLTAR AO ATLÉTICO-MG

1 – Defesa

O setor defensivo do Galo é o ponto fraco da equipe no Brasileirão, para se ter uma ideia, a equipe tem a pior defesa disparada entre os seis primeiros colocados com 48 gols sofridos. São quase 20 gols sofridos a mais do que o líder Palmeiras.

2 – Possível zaga reserva

Se a zaga titular do Atlético-MG já foi um problema no Brasileirão, imagina a reserva. O titular Leonardo Silva está lesionado e Erazo sentiu dores no joelho e virou dúvida para o duelo também, com isso Gabriel e o criticado Edcarlos podem formar a dupla de zagueiros.

3 – Cozinhar o jogo

Se tem uma coisa que o Grêmio faz bem é “jogar” o jogo, foi assim contra o Palmeiras no Allianz Parque e contra o Cruzeiro no Mineirão. A equipe de Renato Gaúcho mostrou-se cascuda e com maturidade para encarar as mais difíceis situações. Douglas é o homem que controla o jogo. Mantendo o jogo amarrado, a equipe gaúcha pode jogar a pressão e a torcida contra a equipe mandante.



Jornalista em formação. Fanático por esportes, principalmente futebol. Vivo em busca de desafios e oportunidades que a vida me proporciona.