Você sabia? João Doria, novo prefeito de São Paulo, é santista fanático

João Doria
Divulgação/Facebook oficial João Doria

Eleito prefeito de São Paulo no primeiro turno com 3.085.187 votos e 53,29% da preferência do eleitorado, o empresário e apresentador de TV João Doria tem uma relação intensa com o futebol. O político do PSDB, que vai substituir Fernando Haddad, do PT, é torcedor fanático do Santos.

LEIA MAIS:
ELEIÇÕES 2016: SAIBA COMO FOI O DESEMPENHO DOS EX-JOGADORES E JORNALISTAS ESPORTIVOS NAS URNAS
DESCUBRA PARA QUE TIME TORCEM OS PRINCIPAIS CANDIDATOS A PREFEITO DE SÃO PAULO

Em uma entrevista concedida à revista “Viagem e Turismo” em 2012, Doria falou de sua relação com o Peixe. “Fui ao Uruguai e ao Paraguai para assistir aos jogos do Santos na Libertadores”, revelou o novo chefe do Poder Executivo da capital paulista. “A primeira vez que levei meus três filhos à Vila foi um momento único. Ficamos os quatro emocionadíssimos”, completou. Vale lembrar que o governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB), grande apoiador da candidatura de Doria, também é torcedor do alvinegro praiano.

Também à publicação, o tucano, que completará 59 anos em dezembro, explicou que resolveu torcer para o Santos por causa de Pelé. Quando tinha quase 10 anos, Doria assistiu ao jogo que considera o mais marcante de todos. “Foi Santos e Vasco da Gama, no Maracanã, quando Pelé marcou seu milésimo gol, em 19 de novembro de 1969. Vitória do peixe por 2 a 1”, contou.

Doria, ainda à revista, recomenda três passeios na cidade de Santos que todo torcedor alvinegro deve fazer: “Assistir a um jogo do peixe na Vila, visitar o Memorial das Conquistas do Santos e visitar o Museu Pelé.”

Nas urnas, Doria ficou à frente do atual prefeito Fernando Haddad, que é torcedor do São Paulo e recebeu 967.190 votos (16,70%). Celso Russomanno (PRB), terceiro colocado com 789.986 (13,64%) votos, é outro político que torce pelo Tricolor.

Quarta colocada na disputa com 587.220 (10,14%) votos recebidos, Marta Suplicy (PMDB) tem o coração dividido entre o Santos do ex-marido Eduardo Suplicy – eleito vereador pelo PT com 301.446 votos – e o Corinthians, de seus pais. Luiz Erundina (PSOL), por sua vez, é corintiana. A ex-prefeita recebeu 184.000 (2,02%) votos e ficou na quinta posição da corrida eleitoral na capital paulista.



Jornalista, editor do Torcedores.com. Passagens pelos jornais Metro, O Estado de S. Paulo, Jornal da Tarde, Marca Brasil, Agora São Paulo, Diário de S. Paulo e Diário do Grande ABC.