Tirando a dúvida: quais são os próximos passos de “Fla-Flu no Tribunal”?

Campeonato Brasileiro
Crédito da foto: Getty Images

Nos últimos dias, o Campeonato Brasileiro saiu da disputa entre Palmeiras e Flamengo pela liderança. O que mais está na boca do povo são as polêmicas de arbitragem nessas duas rodadas. Para começar, o clássico Fla-Flu de quinta-feira passada, em que o Tricolor carioca entrou com recurso junto ao STJD para anular o jogo devido à suposta interferência externa ao árbitro Sandro Meira Ricci, que anulou gol de Henrique (que estava, de fato, impedido).

LEIA TAMBÉM:
Mais STJD: Presidente do Figueirense pede anulação do jogo contra o Palmeiras

Presidente do STJD indica a possibilidade de antecipar julgamento de Fluminense x Flamengo 
CBF detalha 35ª rodada: Palmeiras e Atlético-MG levam vantagem sobre Flamengo
Palmeiras pode ser campeão brasileiro antes mesmo de STJD julgar Fla-Flu; veja como

A CBF aceitou a denúncia e, hoje mesmo, o Flamengo perdeu os três pontos da vitória por 2 a 1 em Volta Redonda (RJ). A diferença para o líder Palmeiras é de sete pontos (64 a 57 para os paulistas), mas o time de Cuca pode perder os pontos do triunfo diante do Figueirense, no último domingo, por causa de recurso dos catarinenses. Mas vamos falar aqui do Fla-Flu especificamente.

Já que o STJD já aceitou o recurso do Fluminense, o que vem pela frente? Até quando o Flamengo pode se manifestar? E o trio de arbitragem trapalhão, quando vão falar?

O Torcedores.com tira as dúvidas a seguir. Confira!

17/10 – Fluminense pede anulação do Fla-Flu junto ao STJD
17/10 – STJD aceita recurso e suspende resultado do Fla-Flu até o julgamento marcado para acontecer até dia 15/11
18/10 – CBF altera classificação do Brasileirão e retira os três pontos do Flamengo

Até 19/10 – Flamengo tem até quarta-feira para se manifestar sobre o caso
20 e 21/10 – Período para a Procuradoria do STJD se manifestar

Até 15/11 – Julgamento no Pleno do STJD deve acontecer na segunda quinzena de novembro

Por que essa data?
Sandro Meira Ricci, árbitro do Fla-Flu, e os assistentes estão na Índia apitando um torneio local por cerca de 20 dias.

Quando serão ouvidos?
Somente no final do caso, exatamente no Pleno do STJD. No processo, eles serão testemunhas do caso, e não partes.

Há como antecipar esse julgamento?
Sim. O presidente do STJD, Ronaldo Piacente, afirmou em entrevista ao SporTV: “A previsão é que a sessão ocorra até o dia 15 de novembro. Mas na quinta-feira vou ter uma reunião com os membros do Pleno para que seja estudada a possibilidade de se realizar uma sessão extraordinária. Nesse caso, poderíamos antecipar um pouco”.

Se o Fluminense ganhar a causa, o que acontece?
O Fla-Flu será realizado novamente, em local e horário novos estabelecidos pela CBF.



Esportista de hobby, mas jornalista de profissão. Trabalhou como repórter do O Estado de S. Paulo, Revista TÊNIS. Tênis Virtual e CurtaTÊNIS em coberturas nacionais e internacionais de grandes eventos.