Rexona Sesc perde no tie-break e se complica no Mundial de Clubes

Foto: Federação Internacional de Vôlei

Rexona Sesc e Pomi Casalmaggiore protagonizaram na manhã desta quarta-feira a partida mais equilibrada do Mundial de Clubes Feminino de Vôlei, na Tailândia. Em jogo cheio de reviravoltas o time italiano venceu as brasileiras por 3 sets a 2. Com o resultado o time carioca precisa vencer o Vitra Eczacibasi, enquanto o campeão europeu enfrenta o combinado das Filipinas.

LEIA MAIS:

CUBANOS COMANDAM O SADA CRUZEIRO NA ESTREIA DO MUNDIAL DE CLUBES
SESI-SP SAI NA FRENTE NA DISPUTA DA FINAL DO PAULISTA

Com o saque forçado o Rexona Sesc começou o jogo bem melhor que as adversárias, que se complicavam na recepção, nem mesmo a experiente Lucia Bossetti conseguiu regularidade no fundamento. Com isso, o time brasileiro conseguiu segurar o ataque adversário e abrir no placar fechando a parcial em 25 a 17.

O Pomi Casalmaggiore voltou melhor no segundo set, principalmente com o crescimento da central da Sérvia Stevanovic, que atuou bem no ataque e bloqueio. Nessa etapa da partida a principal arma do Rexona no jogo caiu de produção, o saque e as adversárias cresceram na partida e fecharam o set em 25 a 20.

Sem confiança no saque, o time do técnico Bernardinho repetiu os mesmos erros da parcial anterior, enquanto o time europeu controlava as ações. A variação da levantadora Roberta não se repetiu como no set inicial e as ponteiras da equipe ficaram marcadas, com isso, o time europeu virou a partida com mais um 25 a 20.

Com a necessidade da vitória a comissão técnica mexeu no time, com as entradas de Helô e Camila Adão, nos lugares de Roberta e Monique respectivamente. E com uma sequência de saques de Gabi, o Rexona Sesc não só passou a frente como dominou as ações do set e empatou a partida em 2 sets a 2, com 25 a 19.

No tie-break com os dois times muitos nervosos foi muito competitivo. A cada vantagem que um time abria no placar, o adversário recuperava a vantagem no marcador. Mas, no final do jogo com as equipes empatadas, um erro de saque de Carol e um bloqueio na ponteira Gabi, destaque como maior pontuadora com 29 pontos, deram a vitória ao Pomi Casalmaggiore, por 3 sets a 2. com 18 a 16.

Com a vitória o Pomi Casalmaggiore precisa apenas de uma vitória diante da seleção das Filipinas. Enquanto isso, o Rexona Sesc tem um confronto decisivo diante do Vitra Eczacibasi, da Turquia.

Foto: Federação Internacional de Vôlei