Reclamação de Vecchio é considerada ‘normal’ por Dorival Júnior

Santos
Foto: Ivan Storti/ Flickr oficial do Santos FC

O Santos viveu um momento de mal-estar com a reclamação feita pelo meia Emiliano Vecchio no Twitter por não ter sido relacionado para a partida contra o Internacional, nesta quarta-feira (19), pela Copa do Brasil. Mas o técnico Dorival Júnior não se mostrou descontente com o ato do jogador na rede social.

LEIA MAIS

JORNALISTA ESPORTIVO MARCELO DI LALLO MORRE APÓS SOFRER INFARTO

VEJA: 5 MOTIVOS PARA ACREDITAR QUE O SANTOS IRÁ VENCER O INTER

MAURO CESAR PEREIRA VÊ SANTOS PRESSIONADO PELOS ERROS DE 2015

O treinador vê a reclamação de seu comandado como ‘algo normal’ e, também pelo fato de ser tido jogador, algo que até é esperado de jogadores que não consigam ser chamados para atuar em partidas.

“É normal e tem que ser assim. O jogador tem que querer jogar e procurar fazer seu melhor nos treinos, buscar seu espaço trabalhando. O descontentamento é natural, mas não pode interferir nos companheiros ou extrapole o respeito de quem comanda. Isso é fundamental para a disciplina de um time e disso não abro mão. Mas fui jogador e sei como é ruim ser afastado”, declarou Dorival em entrevista à Rádio Bandeirantes.

“Isso daí é o dia do treinador, você trabalha com 30 atletas e 11 jogam e estão satisfeitos e momentaneamente felizes. Mas (a reclamação) é natural e não dou importância a isso. Valorizo quem está em melhores condições e dou oportunidades para que façam seu melhor”, adicionou.

No Twitter, Vecchio reclamou de ter ficado de fora da partida afirmando que tinha condições normais de atuar. Depois, apagou a postagem e se desculpou, declarando que havia sido sua assessoria quem acabou colocando a mensagem no ar e ressaltou que está fora da partida por um problema muscular, problema confirmado pelo treinador do Santos.

“O Vecchio teve suas oportunidades, está voltando do Departamento Médico devido a lesão. O futebol tem uma lógica, uma sequência e um momento para respeitar. O jogador não sai do DM já pronto para atuar e temos que ter tranquilidade para analisar essas situações corriqueiras do dia a dia de um clube”, afirmou Dorival Júnior.